Voos da JetSMART começam a ser disponibilizados com preços a partir de R$ 299

Da Redação

A empresa área de baixo custo JetSMART anunciou nesta terça-feira sua chegada ao Brasil. Voos para Salvador (BA) serão disponibilizados ainda neste ano e, na sequência, contemplarão Foz do Iguaçu (PR) e São Paulo (SP).

A JetSMART, companhia sul-americana ultra low cost fundada pela empresa de capital privado Indigo Partners, mantém operações no Chile, Argentina e Peru. Outras três aéreas do gênero já atuam no Brasil: a argentina Flybondi, a europeia Norwegian Air e a chilena Sky Airline.

Os voos da JetSMART começam a ser comercializados nesta terça-feira, com preços a partir de R$ 299 por trecho. Viagens para São Paulo serão iniciadas em 20 de março de 2020, e para Salvador, em 27 de dezembro.

Já as com destino a Foz, que começam em 5 de janeiro de 2020, custarão R$ 269 por trecho. Inicialmente, Salvador terá três frequências semanais durante o verão, às terças, sextas e aos domingos, e duas no resto do ano. Já São Paulo e Foz do Iguaçu contarão com duas opções por semana.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, destaca que a operação de novas empresas reforça o trabalho voltado ao aumento da conectividade aérea.

“O estímulo à competitividade é uma das medidas para estimular a queda no preço das passagens. Países vizinhos, como Argentina, Colômbia e Chile, com cerca de um quarto da população do Brasil, têm mais que o dobro de empresas voando nos destinos domésticos. A chegada da JetSMART traz mais ofertas de baixo custo e faz parte de uma nova estratégia do Turismo, que coloca o setor no centro da agenda econômica do país”, frisa.

O CEO e fundador da JetSMART, Estuardo Ortiz, adianta que a empresa vai continuar avançando no Brasil, um dos mercados que ele considera mais relevantes em toda a América do Sul. “Além disso, acreditamos que os preços mais baixos criam um estímulo imenso, que fará com que os brasileiros escolham viajar mais de avião”, comenta.

LOW COSTS

A primeira empresa estrangeira especializada em passagens de baixo custo a operar voos regulares internacionais no Brasil foi a chilena Sky Airline, em novembro de 2018. As rotas contemplam o trajeto direto de Santiago, no Chile, para os aeroportos do Galeão, no Rio de Janeiro; de Guarulhos, em São Paulo, e Hercílio Luz, em Florianópolis. A média é de cinco voos semanais para cada um desses terminais.

Logo depois, o país passou a contar com a europeia Norwegian Air, que teve autorização concedida pela Anac em agosto de 2018.

As vendas das primeiras passagens começaram no final de novembro, para voos diretos entre Londres, no Reino Unido, e Rio de Janeiro, realizados desde março deste ano.

A rota já tem viagens às segundas, quartas e sextas-feiras, além de domingos, em aeronave com capacidade para até 344 passageiros. ​

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend