Turismo rural “é o turismo do futuro”, defende governo

Da Redação

O Secretário de Estado da Valorização do Interior, João Paulo Catarino, afirmou que o turismo rural “é o turismo do futuro” e pode assumir um contributo essencial para a fixação de jovens nos territórios do interior de Portugal.

No Sabugal, Guarda, na abertura do VI Congresso Europeu de Turismo Rural, o Secretário de Estado afirmou que a promoção do turismo rural tem de ser continuada e feita “de forma inteligente”.

“As pessoas só se fixam ao território se puderem realizar um projeto de vida. O turismo traz emprego, traz retorno econômico e julgo que há hoje muitos jovens que gostam desta área”, destacou João Paulo Catarino.

O Secretário de Estado acrescentou que esta é uma área “muito apelativa” e que permite a fixação de pessoas, através de projetos com valor acrescentado, e a atração de turistas.

Neste sentido, o Governo criou um programa para a valorização turística do Interior, para qualificar os atores do território, para que as pessoas “sejam uma parte integrante dos agentes que recebem o turista”.

“O Governo está muito apostado na qualificação do território, dos agentes que estão no território. Por isso é que alocamos mais de 70 milhões de euros exclusivamente para o Interior e para este fim específico”, acrescentou.

João Paulo Catarino sublinhou ainda que o turismo rural tem de ser construído em rede, acrescentando que Portugal e Espanha têm no congresso uma “ótima oportunidade de consolidar um trabalho que já tem vários anos, mas que ultimamente se tem vindo a intensificar”, com destaque para setores como o patrimônio histórico, as áreas classificadas e a gastronomia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend