Ministério do Turismo avalia projetos em Santos

Meta da prefeitura é incluir novas iniciativas no PAC da Copa.

 

Da Redação

Além dos ministros do Turismo, Gastão Vieira, do Esporte, Aldo Rebelo, e Portos, Leônidas Cristino, a cidade teve outra presença ilustre, Pelé, que participou de almoço no gabinete do prefeito João Papa com os demais visitantes. Foto: SECOM/PM Santos

O ministro do Turismo, Gastão Vieira, participaram da solenidade de apresentação do projeto de revitalização do Porto Valongo, em Santos (SP). Além de Vieira, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, o ministro de Portos, José Leônidas e o embaixador da Copa do Mundo Fifa de 2014, Pelé, prestigiaram o evento.
O projeto está inserido num quilômetro de faixa portuária de Santos e prevê também a criação do ‘Instituto Oceanográfico da USP e Unifesp’, além de um novo terminal de cruzeiro marítimo. O prefeito de Santos, João Paulo Papa, pediu apoio ao ministro do Turismo que incluísse o projeto no PAC da Copa. O ministro pediu, então, que sua equipe técnica avaliasse o projeto e visse a possibilidade de sua inclusão. Estão previstos ainda a implementação de restaurantes, lojas, escritórios e uma área cultural, que incluirá os museus Ferroviário, de Portos e Pelé.
João Paulo Papa destacou a importância da obra para o turismo da cidade. A ideia é transformar a região portuária de Santos num polo turístico, à semelhança dos projetos executados nas cidades de Los Angeles (EUA), Buenos Aires (ARG), Barcelona (ESP) e Gênova (ITA).
“Hoje será um dia marcante para história de Santos”, afirmou o prefeito João Paulo Papa, destacando que os técnicos locais foram conhecer pessoalmente os projetos, antes de elaborar a proposta santista.
Pelé falou da alegria de participar da cerimônia e a expectativa de ver a área revitalizada. “Assim como Deus me deu a alegria de participar da conquista das Copas, em 1958, 1962 e 1970, quero ter a alegria de ver o projeto de revitalização do Porto de Santos concluído”.

Pelé visita obras de museu
Além dos ministros do Turismo, Gastão Vieira, do Esporte, Aldo Rebelo, e Portos, Leônidas Cristino, a cidade teve outra presença ilustre, Pelé, que participou de almoço no gabinete do prefeito João Papa com os demais visitantes.
Depois, a comitiva seguiu de bonde para conferir as obras do Museu Pelé, no Valongo, cuja previsão de entrega é no final deste ano. Os ministros foram informados sobre a fase atual da construção por Papa e pelo arquiteto responsável Ney Caldatto.
O mais entusiasmado era Pelé, principal homenageado com o empreendimento que a prefeitura constrói como parte da revitalização do Centro Histórico e grande atrativo turístico. “Desta vez, a obra está saindo. Espero que com o museu possamos trazer turistas para Santos”.
O ex-jogador disse ainda que já conferiu as obras algumas vezes. “É uma satisfação poder ficar na história com esse museu”, disse. A presença de Pelé movimentou o canteiro de obras. Vários funcionários aproveitaram para tirar fotos. Pelé disse estar confiante na escolha de Santos como uma das subsedes da Copa. “Pelo histórico, a cidade tem grandes chances de lutar por isso”.
Projetado pela prefeitura, o Museu Pelé tem parceria do governo estadual, que cedeu o imóvel, e federal, que aprovou sua inclusão na Lei Rouanet, de incentivo à cultura, possibilitando a captação de recursos junto a iniciativa privada.
A edificação, de 1865, foi sede da Câmara e prefeitura, e é tombada como patrimônio histórico pelo Condephaat e Condepasa. Ela compõem um conjunto arquitetônico valioso, integrado pela mais antiga Estação Ferroviária do Estado, o Santuário de Santo Antônio do Valongo, de 1640, o cais histórico que abrigará o complexo turístico e náutico ‘Porto Valongo Santos’ e a futura sede da Petrobras.
O projeto foi aprovado pelo Ministério da Cultura para receber os benefícios da Lei Rouanet, e entre os parceiros que já oficializaram sua participação estão o BNDES, Santander, Vivo, MRS Logística, Votorantim, Vale, Mitsubishi, Gerdau, Ambev, Rumo Logística e Cosan.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: