Aldeia vai “fechar” no fim de semana para um passeio dos habitantes

Da Redação
Com Lusa

Os residentes da aldeia de Rio de Mel, Oliveira do Hospital, vão passar o fim de semana no Porto e Viana do Castelo e a povoação ficará deserta, mas guardada pelas autoridades policiais.

A aldeia, que conta com 58 residentes, foi escolhida no final de 2017 como ‘Aldeia dos Sonhos’ – projeto da fundação INATEL que pretende realizar os desejos de localidades com menos de 100 pessoas -, os quais, no caso da pequena aldeia de Oliveira do Hospital localizada entre a sede de concelho e a serra da Estrela, na fronteira entre os distritos de Coimbra e da Guarda, expressaram a vontade de conhecer as cidades do Porto e Viana do Castelo.

De acordo com informação avançada à agência Lusa pela fundação INATEL, o programa do fim de semana inclui, no Porto, visitas à Torre dos Clérigos, Parque Temático dos Descobrimentos e Casa da Música, um cruzeiro pelas seis pontes no Rio Douro e uma visita às caves de Vinho do Porto, com possibilidade de prova de vinhos, entre outras atividades.

Em Viana do Castelo, o “sonho” dos habitantes de Rio de Mel passa por uma subida de funicular ao monte de Santa Luzia, com visita ao santuário ali localizado.

“Alguns residentes nunca saíram da aldeia e muitos já não saem há vários anos”, disse fonte da fundação INATEL, afiançando que a segurança da povoação – que ficará deserta durante o fim de semana – está “assegurada” pelas autoridades policiais, nomeadamente pela GNR.

“Temos esse cuidado, até porque algumas pessoas ficam com o ‘coração nas mãos’ ao sair de casa”, enfatizou.

Rio de Mel, que está inserida na Rede das Aldeias de Montanha e foi uma das várias localidades de Oliveira do Hospital atingida pelos incêndios de outubro de 2017, é construída em socalcos e atravessada por um “percurso de ciclovia de caráter interpretativo”.

Segundo o comunicado, é conhecida pelo fabrico de aguardente, produção de mel em modo tradicional e, ainda, pelos moinhos de rodízio, moinhos de água de roda horizontal.

A candidatura de Rio de Mel ao projeto ‘Aldeias dos Sonhos’ foi promovida pela autarquia de Oliveira do Hospital, que argumentou, entre outros aspetos, que “as distâncias geográficas entre a sede de concelho e outras localidades de maior dimensão acentuam o elevado isolamento geográfico e social da comunidade”.

O projeto ‘Aldeia dos Sonhos’ é promovido desde 2014 pela fundação INATEL e destina-se a todas as aldeias portuguesas com 100 ou menos habitantes permanentes “permitindo a concretização de sonhos de natureza turística, cultural e desportiva das comunidades mais isoladas do país”.

Segundo a entidade promotora, já foram realizados sonhos como “ver o mar pela primeira vez, conhecer cidades como Braga, Porto e Lisboa, assistir a espetáculos teatrais e musicais, provar gastronomia típica de diferentes regiões do país e visitar monumentos nacionais que só conheciam pela televisão”.

Nas duas últimas edições, os premiados foram as aldeias de São Miguel do Pinheiro, concelho de Mértola, no Baixo Alentejo, e Rio de Onor, no distrito de Bragança.

“O projeto tem como objetivo a sensibilização para a importância da salvaguarda do patrimônio cultural – material e imaterial – das aldeias históricas portuguesas, assim como a atribuição de maior notoriedade a pequenas localidades, designadamente com visitas turísticas organizadas”, assinada a Fundação INATEL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend