São Paulo recomenda fechamento de shoppings, ABC Paulista vai suspender transporte público

Arquivo: O governador João Doria e o prefeito de São bernardo Orlando Morando.

Mundo Lusíada

O governador de São Paulo anunciou uma medida de recomendação de fechamento dos shoppings centers na região metropolitana, em coletiva de imprensa nesta quarta-feira.

Segundo João Doria, a medida foi analisada conjuntamente com o setor, e a decisão pretende parar a propagação de coronavírus em São Paulo, onde existem mais casos da doença em todo o país. A medida também é estendida para as academias de ginástica na região.

“Todos os shoppings centers deverão ser fechados até o dia 23 de março. Ou seja, ao longo desses dias de amanhã, dia 19, até o dia 23 de março os shoppings deverão ser fechados por razões sanitárias e proteção aos seus funcionários, aos seus profissionais e obviamente às pessoas. O fechamento determinado até 30 de abril”, disse o governador.

“O bom senso e a prudência cabem a cada cidadão. São medidas estabelecidas, decididas e fundamentadas, baseadas em informações que chegam da área médica e sanitária” declarou o governador.

Também foram suspensas as viagens rodoviárias de São Paulo com destino ao Rio de Janeiro. Os ônibus com saídas programadas do Terminal Rodoviário Tietê, na Zona Norte de São Paulo, com destino ao Rio de Janeiro estão canceladas por 15 dias.

Mas não existe nenhuma medida de fechamento de fronteiras em São Paulo. “O Centro de Contingência do coronavírus do Governo de São Paulo informa que é falsa a mensagem que está circulando em grupos de WhatsApp de que teria sido determinado o fechamento das fronteiras do Estado” divulga o governo.

O Governo de SP anunciou ainda o lançamento de uma linha de crédito especial para empresas dos setores de turismo, economia criativa e comércio. O valor total do crédito já disponível para os empresários do estado é de R$ 500 milhões através do Banco do Povo Paulista.

Todas as viagens do Expresso Turístico também estão canceladas desde 15 de março. Os clientes que compraram passagens para o Expresso Turístico da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) antes da suspensão das viagens por conta das medidas emergenciais terão duas opções para que o passeio não seja perdido, reembolso ou remarcação.

No ABC

Em assembleia extraordinária do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, realizada nesta na manhã e que reuniu os prefeitos dos sete municípios da região, foi decidido pela suspensão temporária do Transporte Público municipal. A medida valerá para São Bernardo, Santo André, Mauá, São Caetano, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra e Diadema.

A interrupção do serviço será gradativa, até o dia 28 de março. A partir do dia 29 de março, a suspensão passa a ser total, por período indeterminado.

A medida faz parte de um esforço regional do ABC Paulista para conter o avanço do novo Coronavírus (Covid-19), que configura pandemia. A decisão do Consórcio Intermunicipal tem o objetivo de minimizar danos à população e preservar vidas no Grande ABC” divulga o Consórcio Intermunicipal.

Nesta terça-feira (17) foi confirmado, na capital paulista, o primeiro óbito relacionado à Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. Trata-se de um homem de 62 anos, com doenças crônicas (como diabetes), sem histórico de viagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend