João Doria toma posse no governo de São Paulo

Por Ronaldo Andrade

O governador eleito João Doria (PSDB) e o vice-governador eleito Rodrigo Garcia (DEM) tomaram posse na Assembleia Legislativa de São Paulo no dia 1° de janeiro. Em seguida, no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo, Doria recebeu o cargo do então governador Márcio França (PSB) e deu posse aos novos secretários.
Em seu discurso no Palácio dos Bandeirantes, João Doria afirmou que será o governador de todos os brasileiros de São Paulo, ressaltando que dará atenção aos municípios do estado, “com igualdade de condições e soluções para prefeituras e para o povo que vive no interior, na região metropolitana, no litoral e na capital de São Paulo”.
Ele também destacou que dará importância ao desenvolvimento econômico, para a geração de empregos, à tecnologia, inovação, mobilidade urbana e ao controle das finanças, com um amplo programa de desestatização e a criação de parcerias público-privadas: “Isso significa dar assistência social, e o maior programa social para o Brasil será sim o crescimento econômico”.
O governador eleito declarou que irá apoiar as iniciativas do presidente Jair Bolsonaro: “São Paulo vai trabalhar junto com o novo presidente da República na atração de investimentos internacionais para o Brasil, oferecendo segurança jurídica, transparência e ambiente seguro para a instalação de novas fábricas, centros de comércio, tecnologia e serviços”.
João Doria afirmou que irá doar todos os seus salários a instituições de caridade, num total de mais de 1 milhão e quatrocentos mil reais durante os quatro anos de mandato. O final da solenidade no Palácio dos Bandeirantes foi ao som do ‘Tema da vitória’.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend