Governo ordena retirada campanha do aeroporto de Faro que promovia destino francês

Da Redação
Com Lusa

O Governo português ordenou a retirada de uma campanha publicitária do aeroporto de Faro publicada nas redes sociais que promovia um destino francês e convidava os destinatários a “fugir da confusão” do Algarve.

“O Governo, assim que tomou conhecimento da situação (…), pediu explicações à ANA e pediu de imediato que fossem tomadas medidas para retirar uma publicação que é contrária aos interesses do país, dos portugueses e da economia nacional”, lê-se numa nota do Ministério das Infraestruturas e da Habitação.

Segundo o Ministério, tutelado por Pedro Nuno Santos, a ANA “já promoveu uma averiguação sobre o que se passou e retirou de imediato a ligação em causa”, depois de deputados do PS e do PSD terem denunciado a campanha, que promovia a cidade francesa de Marselha e apelava a “fugir da confusão algarvia e descansar em França”.

As posições dos partidos foram expressas por dois deputados à Assembleia da República eleitos por Faro, com Cristóvão Norte (PSD) a criticar a campanha “difamatória” da região e a exigir que a “publicação seja de imediato removida” ou “desmentida” e Luís Graça (PS) a pedir “a suspensão imediata” dessa campanha pelo aeroporto de Faro.

O cabeça de lista do PSD por Faro às próximas legislativas garantiu ter recebido “dezenas de denúncias” sobre a campanha, “que exortava os seus destinatários a abandonarem a ‘confusão algarvia’ para se dirigirem a um destino de férias francês, assinalado como tendo marina, praias, água transparente e calor”.

Luís Graça, que é também presidente da Federação Regional do Algarve do PS, pediu “a suspensão imediata das campanhas patrocinadas pelo Aeroporto de Faro, promovendo destinos externos em alternativa ao Algarve”, e manifestou o seu descontentamento à tutela através de uma publicação nas redes sociais.

Entretanto, o presidente do Turismo do Algarve, João Fernandes, também condenou “veementemente” o conteúdo da campanha, por “atentar contra a imagem do principal destino turístico nacional”.

Lamentando o sucedido, aquele responsável manifestou, no entanto, “a sua confiança no aeroporto de Faro enquanto um dos principais parceiros empenhados no sucesso da operação turística no Algarve”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend