Vinhos sustentáveis e a redução dos impactos na natureza

Da Redação

O conceito de sustentabilidade ganhou destaque em todo o mundo, a preocupação com o meio ambiente e os recursos naturais tornou-se uma discussão geral, alcançando os mais diversos mercados e negócios, inclusive na produção de vinhos.

A sustentabilidade na produção não cabe apenas ao aspecto ambiental, mas também no campo econômico e social, precisando estar presente em todas as fases do processo, desde a elaboração da bebida até a embalagem do vinho, reduzindo os impactos na natureza.

Durante a produção da bebida, a redução da utilização da água e a reutilização se fazem presentes em algumas partes do processo, visto que uma vinícola consome o recurso em grande escala.

Para marcar o Dia Mundial da Água, celebrado nesta sexta-feira, dia 22 de março, trazemos alguns vinhos que têm produção sustentável, que respeita o meio ambiente, evitando a poluição do solo, água e vegetação.

Eles são elaborados a partir do cultivo de uvas orgânicas e biodinâmicas e se tornam cada vez mais populares entre os consumidores, inclusive no Brasil.

Em Blumenau, a Enoteca Decanter possui mais de quarenta produtores orgânicos e biodinâmicos em seu catálogo. Entre os rótulos renomados: De Martino (Chile), Tetramythos (Grécia), Viñedos Alcohuaz (Chile), Colomé (Argentina), Attila Gere (Hungria), Las Moras (Argentina), Alain Brumont (França), Fonseca (Portugal) e o Château de la Gardine (França).

“O conceito desse tipo de vinícola não permite o uso de agrotóxicos. Diante disso, a prevenção de pragas, bactérias e doenças, utilizam meios alternativos de tratamento como água de cinza, enxofre, cal virgem, sulfato de zinco, de cobre e de potássio”, comenta o sommelier da enoteca, Sidney Lucas.

O cultivo biodinâmico já é adotado por muitas vinícolas em todo o mundo. “Nesta prática, as plantas são instrumentos de percepção do cosmo”, explica.

No processo biodinâmico, não se aduba o solo para nutrir a planta, mas sim, para gerar mais vida a terra. Posteriormente, esse processo transmitirá parte de sua virtude à planta que passará para outro indivíduo, permitindo, assim, que todo ser vivo esteja perfeitamente equilibrado e integrado ao ecossistema onde ele vive, sendo o mais natural possível.

Sidney ainda comenta que, neste processo, todos os microrganismos e animais são mantidos na plantação, já que todos possuem seus predadores naturais, mantendo a cadeia alimentar dos animais. “Desta forma, o vinhedo consegue levar mais equilíbrio ao meio ambiente”, finaliza.

Fundada em Blumenau, em 1997, a importadora brasileira de Sidney conta com mais de 50 distribuidores por todo o país, além da rede de Enotecas Decanter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend