Suspensos jogos da Libertadores que seriam na próxima semana

Da Redação
Com EBC

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) suspendeu todas as partidas da Copa Libertadores, previstas para acontecer na próxima semana, de 15 a 21 março.

Em nota oficial, divulgada na tarde desta quinta-feira (12), a entidade disse estar comprometida com as medidas de segurança de saúde pública contra a propagação do novo coronavírus (Covid-19), e também com a proteção dos jogadores, profissionais (equipe técnica, árbitros, jornalistas) e torcedores. A entidade afirmou ainda que os ajustes no calendário da competição serão realizados nas próximas semanas.

Cinco clubes brasileiros entrariam em campo semana que vem pela Libertadores. O Flamengo enfrentaria o Independiente del Valle (Equador) ; o Palmeiras jogaria contra o Bolívar (Bolívia); o Athletico-PR mediria forças com o Jorge Wilstermann (Bolívia); o São Paulo duelaria com o River Plante; e o Santos ficaria frente a frente com o Olímpia (Paraguai).

Fifa adia Eliminatórias Sul-Americanas
A entidade máxima do Futebol atendeu à solicitação da Conmebol e adiou oficialmente realização das primeiras rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Catar, previstas para acontecer nos dias 26, 27 e 31 de março. As novas datas ainda não foram divulgadas.

Confusão em campo

Na partida da noite desta quinta-feira, os mais de 53 mil torcedores presentes na Arena do Grêmio lembrarão muito mais da batalha campal que aconteceu no final da partida do que do futebol apresentado.

Com o resultado de 0x0, o Internacional permaneceu na liderança do grupo E, com os mesmos quatro pontos do vice-líder Grêmio, mas com um saldo de gols melhor.

O clássico gaúcho começou com o Grêmio aproveitando o apoio da torcida para criar boas chances, a melhor delas em finalização de cabeça do zagueiro Geromel. Mas, após esta pressão inicial, o Internacional tomou conta do jogo e teve chance clara de abrir o marcador com o meia Boschilia.

No segundo tempo a temperatura da partida aumenta muito, tanto com a bola rolando, com chances claras de gol, como nas disputas de bola, com jogadas muito duras de lado a lado.

E a temperatura tanto aumentou que a partida terminou com oito jogadores expulsos, quatro de cada lado. Pepê, Luciano, Caio Henrique e Paulo Miranda pelo Grêmio. Edenílson, Moisés, Víctor Cuesta e Praxedes pelo Internacional.

Com a decisão, anunciada pela Conmebol nesta quinta, de suspender todas as partidas da Copa Libertadores previstas para acontecer na próxima semana por conta do avanço do coronavírus, o colorado e o tricolor não sabem quando voltam a jogar pela competição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend