Lusa vence Inter-RS de virada no Canindé

Por José Cunha, Para o Mundo Lusíada Online

José Cunha

No reencontro com a torcida lusitana a Portuguesa finalmente venceu seu primeiro jogo no Campeonato Brasileiro da Séria A. Mas, como sempre, precisou passar um susto para acordar e chegar à vitória.

No primeiro tempo a equipe do Canindé começou mal e foi amplamente dominada pela equipe gaúcha onde seus principais jogadores, Alex e Nilmar, faziam a diferença em favor do Internacional. Logo no início, aos 8 minutos, o Inter abriu o marcador em uma jogada de falta pela lateral esquerda de seu ataque.

Alex cruzou na cabeça de Nilmar que só teve o trabalho de desviar do goleiro André Luis. Após o gol o time luso se desesperou e não conseguia acertar as jogadas de ataque. Com Christian e Diogo tendo que sair da frente da área para buscar as jogadas a equipe ficou sem poder de ataque facilitando as coisas para a equipe colorada. A única jogada de perigo do ataque lusitano no primeiro tempo foi uma falta cobrada por Christian que bateu na trave do goleiro gaúcho e saiu. No fim do primeiro tempo os jogadores e o técnico Vagner Benazzi foram bastante criticados pelos torcedores presentes no Estádio do Canindé.

Na volta do segundo tempo o técnico Vagner Benazi efetuou uma mudança na equipe, tirou o centroavante Christian e colocou Washington que fez sua reestréia com a camisa lusa.

E, em seu primeiro toque na bola ele empatou o jogo. No primeiro minuto do segundo tempo Patrício cobrou falta da direita e a bola sobrou para Washington que só teve o trabalho de empurrar para as redes decretando o 1×1 no placar e manter sua média pessoal de um gol por jogo com a camisa lusa.

Após o empate a Portuguesa se animou e virou o jogo aos 12 minutos com nova falta cobrada por Patrício que Bruno Rodrigo escorou para o gol fazendo o 2×1 e trazendo tranqüilidade para a equipe. Mesmo após a virada no placar o time não desistiu do ataque e chegou ao terceiro gol após uma grande jogada de Washington que tocou entre as pernas de Guinazu e foi derrubado por Ricardo Lopes e na cobrança Diogo fez seu quarto gol no Campeonato e definiu o placar em 3×1. Após o gol o time do Internacional partiu em busca do placar mas a equipe do Canindé estava bem postada na defesa e segurou o resultado trazendo de volta a alegria pelos lados do Canindé. Ficha técnica: Portuguesa 3 x 1 Internacional

Data: 08/06/2008 Horário: 16:00hrs Local: Canindé, em São Paulo

Árbitro: Wagner Tardelli Azevedo (Fifa/SC). Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Jusmar Benedito Miranda de Paula (GO).

Portuguesa: André Luis; Patrício, Bruno Rodrigo, Halisson e Bruno Recife; Dias, Erick (Wilton Goiano), Preto (Carlos Alberto) e Edno; Christian (Washington) e Diogo. Técnico: Vagner Benazzi.

Internacional: Renan, Ricardo Lopes (Ramon Motta), Índio, Orozco e Marcão; Edinho, Magrão (Taison), Guiñazu e Andrezinho (Adriano); Alex e Nilmar. Técnico: Guto Ferreira.

Gols: Nilmar, aos oito minutos do primeiro tempo, e Washington, a um minuto, Bruno Rodrigo, aos dez, e Diogo, aos 20 do segundo tempo. Cartões amarelos: Bruno Recife (Portuguesa); Guinazu, Ricardo Lopes, Alex e Ramon Motta (Internacional).

Cartão vermelho: Alex (Internacional)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Send this to a friend