Jorge Jesus surpreende e participa do dia de Portugal no Rio de Janeiro

Por Igor Lopes

O treinador português de futebol Jorge Jesus, que foi recentemente contratado para atuar no Clube de Regatas do Flamengo, participou, de forma inesperada, na cerimônia oficial de comemoração do dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas no Rio de Janeiro. Durante o evento, que aconteceu como parte da programação da mostra anual Portugal 360, no dia 9 de junho, domingo, na Barra da Tijuca, Zona Oeste carioca, Jorge Jesus disse que já se considera um imigrante português no Brasil.

“A partir de hoje sou um português também fora do nosso país, ou seja, sou imigrante. Estou há poucos dias no Rio de Janeiro e tenho encontrado vários brasileiros que têm ligações com portugueses ou alguma espécie de ligação com a nossa pátria. Desde menino eu ouvi dizer que o país irmão é o Brasil. Em poucos dias começo a trabalhar no Flamengo e vou ser mais um português a trabalhar no Brasil e no Rio”, afirmou o ex-treinador do Sporting e do SL Benfica.

Jorge Jesus contou também que, em Portugal, mantém contato com a comunidade brasileira.

“Onde vivo em Portugal todos os meus vizinhos são brasileiros. Em Lisboa há, neste momento, 250 mil brasileiros a viveram na cidade. E, portanto, estamos ligados uns aos outros. Sou hoje um imigrante no Brasil, mas com uma identidade de Portugal. Vou tentar que o nosso país fique novamente ligado ao Brasil, neste caso, pelo futebol”, realçou Jesus, que disse não temer que o sotaque português, tão temido em terras de Vera Cruz, atrapalhe o seu dia a dia.

“Trabalhei com muitos brasileiros e eles estão habituados às nossas expressões. Conheço as diferenças nas palavras entre Brasil e Portugal. Agora, tenho que trabalhar mais e falar menos”, comentou o técnico.

Após discurso improvisado, que durou pouco mais de dois minutos, Jorge Jesus tirou fotos com adeptos do Flamengo e prometeu empenho para auxiliar a equipa rubro-negra a garantir vitórias dentro dos relvados. Em seguida, assistiu, ao lado do público do Portugal 360 e por meio de um ecrã-gigante, à vitória da seleção de Portugal sobre a Holanda pela Liga das Nações. Após esse jogo, Jesus seguiu para o lendário estádio Jornalista Mário Filho, ou Maracanã, onde pode assistir ao empate sem golos entre Fluminense e Flamengo, como observador. Esse foi o seu primeiro contato com a sua nova equipa.

No último dia 10, segunda-feira, Jesus foi apresentado oficialmente ao plantel do Flamengo e à imprensa brasileira.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Jornal Mundo Lusíada (@mundolusiada) em

Projeção internacional de Portugal

Ainda durante o evento que celebrou o dia de Portugal, e que reuniu autoridades portuguesas e brasileiras no Rio, Ana Godinho, secretária de Estado de Turismo de Portugal, sublinhou que o seu país está a passar por um processo de redescobrimento.

“É uma satisfação enorme estar no Brasil num momento em que Portugal é cada vez mais um case internacional de estudo pela forma como estamos a conseguir essa reinvenção do nosso país. Portugal foi eleito pela terceira vez como melhor destino turístico da Europa. É hoje um país que conseguiu aprender com a adversidade, confiar nas pessoas e dar a volta à economia e ser, neste momento, um dos países da Europa que cresce acima da média do continente”, confirmou Godinho, que sugeriu que “Portugal está na liderança do mundo”.

“Tivemos Durão Barroso como presidente da Comissão Europeia, temos António Guterres como Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas. Temos cada vez mais portugueses a liderarem o mundo e que têm em si esse nosso ADN aventureiro de ir a procura de um mundo melhor, mas sem nunca esquecer Portugal”, comentou a secretária de Estado.

“Onde quer que esteja um português está Portugal. É emocionante andar pelas ruas do Rio de Janeiro e ver a presença dos portugueses que nos levam a todo o mundo, mas que nunca esquecem o seu país. O nosso maior ativo estratégico no mundo são os portugueses, é a nossa diáspora. Portugal precisa de vós. Hoje, o nosso país é o melhor destino para investir e queremos que sejam os portugueses da diáspora a aproveitarem as condições especiais”, esclareceu Ana Godinho.

Para o deputado português Carlos Páscoa, eleito pelo círculo fora da Europa, é preciso cada vez mais valorizar as comunidades portuguesas.

“Tenho o privilégio de representar, na Assembleia da República, em Lisboa, a nossa diáspora fora da Europa. É necessário trazer os lusodescendentes para o seio da nossa comunidade. Fiz a minha parte. Lutei por mais de seis anos para conseguir aprovar a lei da nacionalidade para os netos de portugueses nascidos no estrangeiro. Acho que eu era o único que estava enxergando o potencial que tínhamos com esses novos cidadãos”, criticou Páscoa.

Presidente do Vasco da Gama celebra dia de Portugal na Tijuca

Em outra parte da cidade do Rio de Janeiro, no dia seguinte, dia 10 de junho, a Casa de Vila da Feira e Terras de Santa Maria promoveu um almoço voltado para recepcionar o líder de um partido político português em visita ao Brasil. Alexandre Campello, presidente do Club Regatas Vasco da Gama, rival histórico do Flamengo, foi um dos convidados. Para esse responsável, o dia de Portugal deve ser celebrado sempre e com entusiasmo.

“Comemorar o dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas diante de tantas autoridades é motivo de muito orgulho. Tenho origens lusitanas, sou de família portuguesa. Para mim, isso é um orgulho muito grande”, frisou Campello, que admitiu que a diretoria cruz-maltina tentou contato, há alguns meses, com Jorge Jesus para o contratar, mas, como as conversações não seguiram adiante, e houve informações de que Jesus iria tentar permanecer no mercado asiático, o Vasco da Gama acabou contratando Vanderlei Luxemburgo, ex-técnico da seleção brasileira, para comandar o plante vascaíno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend