Jogos da I e II Liga vão ser realizados à porta fechada

Da Redação
Com RTP

A Federação Portuguesa de Futebol informa em comunicado que este fim de semana todos os jogos da I e II Liga vão ser realizados à porta fechada. Para já a medida abrange apenas a próxima jornada.

O grupo de emergência criado pelo presidente da FPF em comunicado avança que no sentido de “monitorizar o impacto do Covid-19” nas provas decidiram:

– Determinar que todos os jogos das competições de futebol profissional decorrerão à porta fechada;

– Suspender todas as provas nacionais dos escalões de formação de futebol e futsal entre 14 e 28 de março;

– Determinar que todos os jogos das competições nacionais de futsal decorram à porta fechada;

– Determinar que os jogos das provas nacionais seniores não-profissionais de futebol não poderão ter mais de 5 mil pessoas nas bancadas, no cumprimento das recomendações da Direção-Geral de Saúde.

Os clubes foram já informados sobre a decisão. Uma medida que estava também dependente do que a Direção Geral de Saúde decidisse sobre eventos desportivos.

O grupo de emergência da FPF foram constituídos pelo Presidente da FPF, Presidente da Liga Portugal, Presidente da Comissão delegada das Associações, Presidente do Sindicato de Jogadores Profissionais de Futebol, Presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol, Presidente da Associação Nacional de Treinadores de Futebol e Presidente da Associação Nacional de Médicos de Futebol.

A FPF informa ainda que “o grupo de emergência continuará a monitorizar a situação, podendo rever – ampliando ou reduzindo – as medidas agora implementadas.”

Portugal registra nesta manhã 41 casos confirmados de infecção. Segundo a Direção-Geral da Saúde, em Portugal atingiu-se um total de 339 casos suspeitos desde o início da epidemia, 67 dos quais ainda a aguardar resultados laboratoriais.

Face ao aumento de casos, o Governo português decidiu suspender todos os voos com destino ou origem nas zonas mais afetadas na Itália, recomendando também a suspensão de eventos em espaços abertos com mais de 5.000 pessoas.

O Governo ordenou também a suspensão temporária de visitas em hospitais, lares e estabelecimentos prisionais na região Norte.

Foram também encerrados alguns estabelecimentos de ensino, sobretudo no norte do país, assim como ginásios, bibliotecas, piscinas e cinemas.

Os residentes nos concelhos de Lousada e Felgueiras, no distrito do Porto, [onde se registraram mais casos positivos] foram aconselhados a evitar deslocações desnecessárias.

Campeonato suspenso na Itália

O Governo italiano decidiu suspender de forma temporária o campeonato italiano de futebol, devido ao avanço significativo do surto Covid-19, que em Itália já causou 463 mortos e mais de 7.900.

“Não existem razões para que prossigam os jogos e os eventos desportivos, e penso, nomeadamente, no campeonato de futebol. Lamento, mas todos os adeptos devem acatar a decisão”, disse o primeiro-ministro italiano, numa conferência de imprensa o na sede do Governo, em Roma.

Na sua declaração, Giuseppe Conte não mencionou os jogos da Liga dos Campeões ou da Liga Europa previstos para as próximas semanas no país, nem outras modalidades.

Nos últimos dias, a Itália tornou-se o caso mais grave da epidemia fora da China, com 463 mortos e mais de 7.900 contaminados, estando neste momento cerca de 16 milhões de pessoas em quarentena no norte do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend