Guiné aceita organizar Taça das Nações Africanas em 2025

Da Redação
Com Lusa

A Guiné “aceitou” organizar a Taça das Nações Africanas (CAN) em 2025, em vez de o fazer em 2023, numa alteração após a saída dos Camarões da organização deste ano, segundo a Confederação Africana de Futebol (CAF).

“Estou muito satisfeito com a aceitação da organização da CAN na Guiné em 2025 e orgulhoso pelo facto de o presidente da República da Guiné, Alpha Condé, ter dito que aceitava esta mudança”, explicou o presidente da CAF, Ahmad Ahmad.

Em 2014, a Confederação Africana atribui as três próximas organizações da CAN, em 2019 aos Camarões, em 2021 à Costa do Marfim, e em 2023 à Guiné.

Com a retirada em novembro do último ano da organização aos Camarões, devido a atrasos na construção das infraestruturas, a CAF decidiu reatribuir 2021 àquele país, e a Costa do Marfim passou a ser responsável por 2023.

Para este ano, o Egito e a África do Sul apresentam-se como soluções possíveis, na edição que deverá decorrer a partir de junho, e a Confederação deverá anunciar na quarta-feira o país que substitui os Camarões.

“Sempre referimos com clareza que o futebol africano não se poderá desenvolver sem a estreita colaboração dos chefes de estado. Por isso fico muito satisfeito que Alpha Condé tenha aceitado receber a CAN em 2025”, reiterou o presidente da CAF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend