Flamengo, de Jesus, bate ‘Inter’ e soma oitavo triunfo seguido

Da Redação
Com Lusa

O Flamengo, do treinador português Jorge Jesus, somou na quarta-feira a oitava vitória consecutiva no campeonato brasileiro de futebol, ao bater em casa o Internacional, cedo reduzido a nove, por 3-1.

Depois de na ronda anterior ter batido o seu recorde de triunfos seguidos no ‘Brasileirão’, ao somar a sétimo no reduto do Cruzeiro (2-1), o ‘Fla’ voltou a ganhar, mas, mesmo com dois a mais, ainda apanhou um susto no início da segunda parte.

O internacional ‘canarinho’ e ex-jogador do Benfica Gabriel Barbosa, inaugurou o marcador aos 20 minutos, de pênalti, para o seu 18.º golo na prova, numa jogada que custou a expulsão ao defesa Bruno Vieira, que fez falta sobre o isolado Gabigol.

A acabar a primeira metade, mais precisamente aos 44 minutos, a situação ficou ainda mais complicada para os forasteiros, com a expulsão, por protestos, do avançado peruano Paolo Guerreiro, que saiu do relvado a sagrar, após choque com Rodrigo Caio.

Mesmo com menos dois, o conjunto de Porto Alegre conseguiu restabelecer a igualdade no início da segunda parte, aos 49 minutos, por Edenilson, servido por Rodrigo Lindoso.

A reação do conjunto de Jorge Jesus não demorou, porém, muito tempo, com o uruguaio Giorgian De Arrascaeta a faturar de cabeça, para o seu 10.º golo na prova, aos 56 minutos, na pequena área, na sequência de um centro da direta de Rafinha.

Aos 74 minutos, o Flamengo ‘acabou’ em definitivo com o jogo, ao chegar ao terceiro golo, obra de Bruno Henrique, que encostou à boca da baliza, assistido por De Arrascaeta, depois de novo centro da direita de Rafinha.

Com este triunfo, o oitavo seguido após o 0-3 no reduto do Bahia, em 04 de agosto, o ‘onze’ de Jorge Jesus passou a contar 48 pontos, provisoriamente mais seis do que o segundo colocado, o Palmeiras, que recebe hoje o CSA, 17.º colocado.

Ainda nesta quarta-feira, a imprensa brasileira divulga que deputados estaduais, a partir da proposta de Alexandre Knoploch (PSL), André Ceciliano (PT), atual presidente da Assembleia Legislativa do Rio, e Rodrigo Bacellar (Solidariedade), aprovaram a homenagem ao treinador Jorge Jesus, com a Medalha Tiradentes. A entrega da honraria ao português ainda não tem data definida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend