Ex-presidente do Vasco da Gama morre aos 96 anos no Rio

Da Redação
Com EBC

O ex-presidente do Vasco da Gama, Antônio Soares Calçada, morreu neste dia 5 aos 96 anos, no Rio de Janeiro. Mandatário que ficou mais tempo à frente do clube por 18 anos, Calçada morreu vítima de complicações causadas por uma infecção abdominal.

Ele ocupou o cargo de 1983 a 2000, um dos períodos mais vitoriosos da história do clube. Sob sua presidência, o Vasco foi tricampeão brasileiro (1989, 1997 e 2000), campeão da Copa Libertadores (1998) e de uma Copa Mercosul (2000), além de seis campeonatos estaduais.

Nascido em Portugal em abril de 1923, Calçada chegou ao Brasil em 1935 e ingressou no quadro social do clube em 1942. Segundo informações do site do Vasco, com a morte de Calçada, o único ex-presidente do clube ainda vivo é o ex-jogador Roberto Dinamite.

Em nota de falecimento, o clube declarou que Antônio Soares Calçada assumiu a Presidência Administrativa em 1983, lembrando que foi o presidente que ficou por mais tempo no cargo.

“Durante este período, o Clube viveu uma de suas eras mais vitoriosas, conquistando uma Copa Libertadores (1998), três Campeonatos Brasileiros (1989, 1997 e 2000), uma Copa Mercosul (2000), seis Campeonatos Estaduais (1987, 1988, 1992, 1993, 1994 e 1998) e um Rio-São Paulo (1999). Os inúmeros títulos conquistados com Calçada à frente da Presidência não se restringiram somente ao gramado, com o Gigante da Colina tendo conquistado o Bicampeonato da Liga Sul-Americana de Basquete (1998 e 1999) e o Tricampeonato Estadual de Remo (1998, 1999, 2000). Em 2011, Calçada foi homenageado pelo ex-Presidente Roberto Dinamite com o seu nome no segundo maior ginásio do Complexo Esportivo de São Januário, popularmente conhecido como “Forninho””.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend