Destaques da Semana: Técnicos Portugueses se salvam do fiasco das equipes lusas

DESTAQUES DA SEMANA
Por Emídio Tavares

 

Taças Europeias

Técnicos Portugueses se salvam do fiasco das equipes lusas

Terminada a fase de 16 avos de final da Liga Europa, apenas os técnicos portugueses conseguiram amenizar o fiasco gerado pela eliminação das 4 equipes lusas que ainda estavam na disputa. O feito mais heroico de todos foi o do técnico Pedro Martins, do Olympiakos, que embora houvesse perdido a primeira partida em casa por 1×0 para o Arsenal, venceu na quinta-feira (27/02) a partida de volta em Londres, levando o jogo para a prorrogação, onde a 7 minutos do apito final acabou por sofrer o empate da equipe londrina e que eliminaria o Olympiakos. Contudo no último minuto do 2º tempo do prolongamento, El Arabi colocou de novo os comandados de Pedro Martins à frente do marcador garantindo classificação épica para a próxima fase, onde enfrentará o Wolverhampton de Nuno Espírito Santo.

Já Nuno Espirito Santo do Wolverhampton, que houvera vencido em casa o Espanhol por 3×0, foi com uma boa vantagem para o jogo de volta na quinta-feira (27/02) na Espanha e mesmo perdendo por 3×2, garantiu a classificação.

Por sua vez a Roma de Paulo Fonseca, que houvera vencido em casa o Gent por 1×0, garantiu a vaga na partida de volta na Bélgica empatando por 1gol. Na próxima fase enfrentará o Sevilha.

E por fim, o técnico Luis Castro do Shakthar, que houvera vencido na Ucrânia o Benfica por 2×1, jogando na quinta-feira (27/02) na Luz, chegou a estar perdendo por 3×1, mas conseguiu o empate também se classificando para a próxima fase, onde enfrentará o Wolfsburgo.

Braga Viu A Banda Passar E Levar Junto A Vaga

Após estar vencendo por 2×0 na partida de ida na Escócia e sofrer a virada em 15 minutos, o Braga entrou a campo na quarta-feira (26/02) precisando de uma vitória simples por 1×0 ou 2×1 frente ao Glasgow para seguir na disputa. Isso talvez tenha dado confiança excessiva aos bracarenses achando que quando quisessem, resolveriam o placar, mas em campo a coisa foi bem diferente com o time luso vendo os adversários dominarem o jogo e até se dando ao luxo de desperdiçarem uma penalidade. E seguindo a velha máxima do futebol de quem não faz leva, o Braga viu a banda escocesa passar, faturar o jogo por 1×0 e garantir a vaga para a próxima fase.

Sporting Morre Duas Vezes No Final

Após estar vencendo por 3×0 em casa na partida de ida e ter permitido ao Basaksehir o gol de honra através de um pênalti desnecessário, o Sporting foi na quinta-feira (27/02) até a Turquia podendo perder por 2×0 para ainda assim conseguir a vaga. Os turcos abriram essa vantagem na etapa inicial, porém Vietto descontou para os leões aos 23 da etapa final, resultado esse que garantiria a vaga leonina. Porém no 2º minuto de acréscimo a defesa leonina não conseguiu evitar o 3º gol do Basaksehir que acabou por levar o jogo para a prorrogação, que caminhava bem para o Sporting até que a 2 minutos do apito final um novo pênalti cometido pela zaga lusa acabou por decretar novamente nos instantes finais, a morte leonina na disputa.

Era Lage Parece Estar Chegando Ao Fim

Depois de perder por 2×1 na partida de ida na Ucrânia frente ao Shakhtar, o Benfica entrou a campo na quinta-feira (27/02) precisando de uma vitória simples por 1×0 para garantir passagem à próxima fase. E tudo parecia caminhar bem com Pizzi abrindo o marcador logo aos 9 minutos. Porém numa infelicidade de Ruben Dias, que jogou contra as próprias redes, o Shakhtar empatou aos 36 minutos. Mas para compensar o gol contra o zagueiro Ruben Dias foi ao ataque e nos acréscimos colocou os encarnados de novo a frente do marcador. Contudo a noite não era mesmo do Benfica, que acabou por sofrer mais dois gols, aos 4 e aos 26 da etapa final, decretando o placar final de 3×3 e o adeus a Liga Europa e um possível fim da era Lages.

Porto Leva 3 Em Pouco Mais De 60 Minutos E Fica Pelo Caminho

Após perder na partida de ida na Alemanha por 2×1, o Porto entrou a campo na quinta-feira (27/02) precisando de uma simples vitória por 1×0 frente ao Bayer Leverkusen para seguir na disputa, porém o destino traçado para os dragões não foi bem esse, visto que com pouco mais de uma hora de jogo já perdia por 3×0 (Alario aos 10 do 1º tempo; Demirbay aos 5 do 2º e Havertz aos 13 fizeram os gols alemães). Marega ainda descontou para o Porto aos 20, mas a eliminação já estava consumada. Vale lembrar que novamente Danilo, desafeto do técnico Sérgio Conceição, não foi opção para esse jogo, assim como também não o fora na difícil vitória frente ao Portimonense no jogo da última jornada do campeonato português.

SUPERLIGA PORTUGUESA DE FUTEBOL

A 23º jornada teve inicio na sexta-feira com os seguintes jogos:

Sexta (28/02)

Portimonense 0x0 V.Setúbal (20:30h)

Sábado (29/02)

Rio Ave 0x0 Belenenses (18:00h)

Boavista 0x1 Gil Vicente (20:30h)

Domingo (01/03)

Aves 1×3 Paços de Ferreira (15:00h)

Marítimo 1×2 Braga (17:30h)

V.Guimarães 2×0 Tondela (20:00h)

A jornada só termina nesses próximos dois dias da semana quando então teremos na, segunda-feira (02/03), S.Clara x Porto (19:30h); Benfica x Moreirense (20:45h) e na terça-feira (03/03) o jogo que fecha a jornada com o Famalicão recebendo às 20h o Sporting.

Critérios de desempate:

Ponto 6 do Artigo 9.º (competições por pontos) do Regulamento de Competições da Liga Profissional de Futebol:
«Para estabelecimento da classificação geral dos Clubes que no final das competições se encontrarem com igual número de pontos, serão aplicados, para efeitos de desempate, os seguintes critérios, segundo ordem de prioridade:
a) Número de pontos alcançados pelos Clubes empatados, no jogo ou jogos que entre si realizaram;
  b) Maior diferença entre o número de golos marcados e o número de golos sofridos pelos Clubes empatados, nos jogos que realizaram entre si;
  c) Maior número de golos marcados no campo do adversário, nos jogos que realizaram entre si;
  d) Maior diferença entre o número dos golos marcados e o número de golos sofridos pelos Clubes nos jogos realizados em toda a competição;
  e) Maior número de vitórias em toda a competição;
  f) Maior número de golos marcados em toda a competição»  A Liga determinou, no entanto, que durante a prova, para estabelecer a classificação,
aplicam-se apenas os critérios d) a f). Assim sendo, o confronto direto só será relevante no final.

ÚLTIMAS NOTICIAS

Benfica

Vale e Azevedo, ex-presidente encarnado que se encontra refugiado em Londres e com pedido de extradição já decretado por conta de inúmeros crimes de lavagem de dinheiro, teve um dos crimes que lhe eram imputados arquivado por prescrição do mesmo que ocorreu a mais de 20 anos, e que se referia à apropriação indébita de 1,2 milhões de euros dos direitos televisivos do Benfica entre 1998 e 1999.

Braga

Rolando, que houvera deixado o Marselha no meio do ano passado, é o novo reforço do Braga até 2022.

Sporting

A FIFA indeferiu e nem quis analisar o pedido de indenização do Sporting com relação à quebra de contrato de Rafael Leão por ocasião da invasão de Alcochete. Já quanto ao pedido relativo ao jogador Ruben Ribeiro a entidade máxima do futebol, mesmo acreditando que o jogador teve motivos para romper o contrato por justa causa, aceitou apreciar o mérito do pedido de indenização.

Leixões

Por ter sido denunciado no processo “Jogo Duplo” que investiga a participação de clubes em viciação de resultados, o Leixões foi punido com a suspensão de competições profissionais por dois anos a partir da próxima temporada, além de uma multa pecuniária de 60 mil euros, e da prisão efetiva de cinco dos seus dirigentes com penas que variam de 5 a 6 anos em média. Cabe recurso em todas as punições.

Portugueses no Exterior

Dirigindo um time esfacelado e ainda no seu método tradicional de mais defender do que atacar, Jesualdo Ferreira não tem feito uma boa campanha à frente do Santos onde venceu apenas 3 das 7 partidas em que dirigiu a equipe. A sua demissão só ainda não foi cogitada devido ao alto valor da multa rescisória (2,7 milhões de euros).

Já no sentido inverso Jorge Jesus continua na sua sina de títulos. Desta feita a nova conquista foi a Recopa Sulamericana, com o Flamengo vencendo em casa na quarta-feira (26/02) o jogo de volta contra o Independiente Del Valle por 3×0, (após empate por 2 gols no equador), mesmo tendo um jogador expulso na metade do 1º tempo.

Na partida de ida pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, a Juventus de Cristiano Ronaldo perdeu por 1×0 para o Lyon na França nesse meio de semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend