Destaques da Semana: Rui Vitoria deixa o Benfica

DESTAQUES DA SEMANA
POR Emídio Tavares

Rui Vitoria deixa o Benfica

A derrota frente ao Portimonense essa semana foi a gota d água para que o técnico Rui Vitoria visse sua ligação com o Benfica chegar ao fim antes do termino de contrato (que seria em 2020) colocando seu cargo a disposição da SAD encarnada mediante acordo para continuar recebendo seus salários ate encontrar nova equipe. Parte da imprensa árabe especula que Jorge Jesus, já em conflitos com a direção Al – Hilal possa sair e voltar ao Benfica; outra vertente afirma que o Al – Hilal fez proposta para prorrogação de contrato com melhorias salariais e plenos poderes ate nas equipes de sabe. Em sentido contrario cogita-se que Rui Vitoria possa em muito breve assinar com o Al – Nasr. Interinamente o Benfica será comandado pelo técnico da equipe B, Bruno Lage, com varias passagens em equipes de base no futebol português e também em Dubai (foi por 2 anos técnico do Al Ahli) e no futebol inglês (onde foi adjunto de Carlos Carvalhal no Sheffield e também no Swansea num período de 3 anos).

Globe Soccer Awards em Dubai: CR7 eleito melhor do mundo e com o gol mais bonito

A tradicional premiação do “Globe Soccer Awards”, que anualmente premia em Dubai os melhores do mundo do futebol, elegeu nessa quinta e pela 5a vez (2011, 2014, 2016, 2017 e 2018) o craque português Cristiano Ronaldo como o melhor jogador do planeta na temporada 2018. Alem dessa premiação CR7 viu também o seu golaço de bicicleta pelo Real Madrid frente a Juventus na temporada passada ser escolhido o mais bonito de 2018.

Também No Futsal Portugal Tem O Melhor Do Mundo

Pela 6a vez e quinta consecutiva o jogador português de futsal Ricardinho, que atua no Inter Movistar da Espanha, foi nomeado o melhor jogador do mundo pelo tradicional site da modalidade Futsal Planet, que também distinguiu a Seleção Portuguesa como melhor do mundo a frente de Brasil e Espanha.

Taça De Portugal

A Federação Portuguesa divulgou essa semana as datas e horários das quartas-de-final da Taça de Portugal, a saber:

15/1 (terça)

Aves x Braga (18:00h)

Leixões x Porto (19:30h)

V.Guimarães x Benfica (20:45h)

16/1 (quarta)

Feirense x Sporting (20:45h)

Superliga Portuguesa De Futebol

A 15a jornada, toda disputada ao meio dessa semana, teve os seguintes resultados:

02/1

Santa Clara 1×2 Tondela

Braga 2×0 Marítimo

Boavista 1×0 V.Setubal

Nacional 1×0 V.Guimarães

Rio Ave 1×2 Moreirense

Portimonense 2×0 Benfica – mais uma partida pífia da equipe mal comandada por Rui Vitoria, que com dois gols contra (Ruben Dias aos 12 minutos e Jardel aos 38), sucumbiu perante o time de Portimão.

03/1

Chaves 0x0 Feirense

Sporting 2×1 Belenenses

Aves 0x1 Porto

Já 16a jornada teve inicio nesse sábado com os seguintes confrontos:

05/1 (sábado)

Marítimo 2×1 Portimonense (20:30h)

06/1 (domingo)

V.Setubal 0x0 Chaves (15:00h)

Belenenses 1×0 V.Guimarães (15:00h)

Feirense 2×2 Santa Clara (15:00h)

Benfica 4×2 Rio Ave (17:30h) – sob o comando do interino Bruno Lage, o Benfica saiu atrás sofrendo dois gols, mas soube virar bem e fazer 4×2 com João Felix e Seferovic marcando dois gols cada um.

Braga 1×0 Boavista (20:00h)

07/1 (segunda)

Tondela x Sporting (19:00h)

Porto x Nacional (21:15h)

08/1 (terça)

Moreirense x Aves (20:15h)

Critérios de desempate:

  Ponto 6 do Artigo 9.º (competições por pontos) do Regulamento de Competições da Liga Profissional de Futebol:
  «Para estabelecimento da classificação geral dos Clubes que no final das competições se encontrarem com igual número de pontos, serão aplicados, para efeitos de desempate, os seguintes critérios, segundo ordem de prioridade:
  a) Número de pontos alcançados pelos Clubes empatados, no jogo ou jogos que entre si realizaram;
  b) Maior diferença entre o número de golos marcados e o número de golos sofridos pelos Clubes empatados, nos jogos que realizaram entre si;
  c) Maior número de golos marcados no campo do adversário, nos jogos que realizaram entre si;
  d) Maior diferença entre o número dos golos marcados e o número de golos sofridos pelos Clubes nos jogos realizados em toda a competição;
  e) Maior número de vitórias em toda a competição;
  f) Maior número de golos marcados em toda a competição»
  A Liga determinou, no entanto, que durante a prova, para estabelecer a classificação,
aplicam-se apenas os critérios d) a f). Assim sendo, o confronto direto só será relevante no final.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend