Destaques da semana: França se vinga da Euro 2016 e manda Portugal para casa

Destaques da semana
Por Emídio Tavares

 

Eurocopa
França se vinga da Euro 2016 e manda Portugal para casa

Portugal entrou a campo na sexta-feira (05/07) frente a França com Diogo Costa, Cancelo e Nuno Mendes, Pepe e Ruben Dias; Palhinha, Vitinha e Bruno Fernandes; Bernardo Silva, Cristiano Ronaldo e Rafael Leão.

O primeiro tempo foi de poucas emoções e de estrelas apagadas. Portugal teve mais a bola, mas não conseguiu acertar o gol francês em nenhuma finalização. Do outro lado, a França apostou na velocidade, porém só assustou Diogo Costa em um chute de fora da área. Mbappé e Cristiano Ronaldo quase não tocaram na bola e, quando a tiveram sob controle, não foram perigosos. A etapa final foi completamente oposta à primeira. Com um jogo mais aberto, as duas seleções criaram chances claras de gols. Portugal teve duas blitz seguidas, mas parou no goleiro Maignan. A França, por sua vez, viu seus jogadores pecarem na hora de finalizar. O que não mudou do primeiro tempo foi o pouco brilho de Mbappé e Cristiano Ronaldo, que seguiram bem marcados e foram praticamente inofensivos para a defesa adversária. O 0x0 levou o jogo para a prorrogação, onde Portugal teve a maior posse de bola e uma grande chance desperdiçada por Cristiano Ronaldo. Do outro lado Mbappé foi substituído no intervalo da prorrogação. O 0x0 se manteve e a decisão foi para as grandes penalidades, onde a França levou a melhor. Dembélé, Fofana, Koundé, Barcola e Theo Hernández converteram suas cobranças pelo lado francês. Cristiano Ronaldo, Bernardo Silva e Nuno Mendes marcaram pelo lado português, mas João Félix (que havia entrado na prorrogação no lugar de Rafael Leão) mandou sua cobrança no pé da trave direita de Maignan. A final de 2016 está vingada. A França venceu Portugal por 5 a 3, nos pênaltis, e garantiu sua vaga na semifinal da Eurocopa 2024.

 

Últimas Notícias

Sporting

Há 118 anos, em 8 de maio de 1906, a 1ª Assembleia Geral leonina elegeu o Visconde de Alvalade como presidente do Sporting tendo seu neto como vice, onde juntos fundaram a 1 de julho daquele ano o Sporting Club de Portugal.

O Sporting anunciou nessa semana que enfrentará no próximo dia 27, no Alvalade XXI, o Atlético de Bilbao, em mais uma disputa do Troféu “Os Cinco Violinos”.

O desconhecido jovem Renato Veiga, médio volante sub-21 que há 1 ano foi negociado com o Basiléia por 4,6 milhões de euros, foi agora revendido do Basileia para o Chelsea por 15 milhões, com o Sporting faturando de mais valia 1,5 milhões de euros. Com isso os leões faturaram com o jogador, em pouco mais de 1 ano, pouco mais de 6 milhões de euros.

Embora tivesse ainda mais um ano de contrato com o Sporting, a diretoria leonina, pelos serviços prestados, liberou sem multa contratual o grande zagueiro uruguaio, que há 8.5 anos defende a zaga do Sporting, Coates, para que ele retorne a sua terra natal para defender seu clube formador, o Nacional de Montevidéu.

 

Portugueses pelo Mundo

Após 3 anos e 129 jogos, onde foi titular por 2,5 anos, Rui Patrício terminou nessa semana seu vínculo com a Roma, estando livre no mercado. Foi campeão da Liga Conferência e vice da Liga Europa.

Após pouco mais de 4 meses no comando do Corinthians, tendo dirigido a equipe em 29 jogos e obtido apenas 12 vitórias, ocupando no momento a penúltima posição no Campeonato Brasileiro (apesar de ter classificado a equipe para as oitavas da Copa Sul-americana), Antônio Oliveira e toda sua comissão, foram demitidos nessa semana.

Jornais europeus afirmam que está por horas a oficialização da venda de Palhinha, do Fulham para o Bayern de Munique, por 51 milhões de euros e mais 5 milhões por metas alcançadas, num contrato de 4 anos. Palhinha deverá fazer exames médicos já na próxima semana. Em concretizada a transação, o Sporting irá faturar de mais valia algo em torno de 3 milhões de euros.

Cristiano Ronaldo poderá ter como companheiro de equipe na temporada que em breve terá início, o goleiro Éderson, do Manchester City, segundo informações dos jornais britânicos nessa semana.

O árbitro português Artur Soares Dias, que apitou 3 jogos da Euro 2024 (Polônia x Holanda; Dinamarca x Inglaterra e Áustria x Turquia), distribuindo 9 cartões amarelos e nenhum vermelho, foi dispensado na quinta-feira (04/07), não apitando mais jogo algum das quartas-de-final em diante.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: