Covid-19: UEFA suspendeu Liga dos Campeões e Liga Europa

Da Redação
Com Lusa

A UEFA suspendeu todos os jogos sob a sua égide, incluindo Liga dos Campeões e Liga Europa, para evitar a propagação da pandemia de Covid-19, informou o organismo responsável pelo futebol europeu nesta sexta-feira.

“Todos os jogos da UEFA, incluindo a Liga dos Campeões e Liga Europa [os jogos da segunda mão], não se disputarão na próxima semana”, indica o organismo responsável pelo futebol europeu.

Na quinta-feira realizaram-se seis dos oito jogos da primeira mão da Liga Europa – quatro dos quais à porta fechada -, depois de já terem sido adiados os jogos entre Inter de Milão e Getafe e Sevilha e Roma, equipas de Itália e Espanha, dois dos países europeus mais afetados pela pandemia.

Da Liga dos Campeões, cujos jogos dos oitavos de final são disputados de forma faseada, já se realizaram quatro partidas da segunda mão, que ditaram o apuramento para os quartos de final de Leipzig, Atalanta, Atlético de Madrid e Paris Saint-Germain.

Na próxima semana deveriam disputar-se os jogos da segunda mão entre Juventus e Lyon, Manchester City e Real Madrid, na terça-feira, e entre Barcelona e Nápoles, e Bayern Munique e Chelsea, na quarta-feira.

Na quinta-feira, a equipe do Real Madrid entrou em quarentena, devido ao aparecimento de um caso positivo na equipe de basquetebol do clube, com a qual o plantel de futebol partilha instalações no centro desportivo do clube.

A Juventus, equipe de Cristiano Ronaldo, que na próxima semana recebe o Lyon, está igualmente em quarentena desde quarta-feira, depois de o defesa italiano Rugani ter sido diagnosticado com o Covid-19.

O Chelsea anunciou quarentena, depois do seu jogador Callum Hudson-Odoi ter dado positivo para o novo coronavírus.

A UEFA Youth League também vai parar, pelo que o Benfica já não jogará na quarta-feira com o Dinamo Zagreb, na Croácia, em encontro dos quartos de final.

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detectado em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.900 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde a declarar a doença como pandemia.

O número de infectados ultrapassou as 131 mil pessoas, com casos registados em mais de 120 países e territórios, incluindo Portugal, com mais de 100 casos confirmados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend