Árbitro português comanda amistoso Brasil-Panamá no Porto

Da Redação
Com Lusa

O árbitro português João Pinheiro vai dirigir o jogo amistoso de sábado entre as seleções do Brasil e do Panamá, no Estádio do Dragão, no Porto, anunciou a Federação Panamiana de Futebol.

João Pinheiro, árbitro da Associação de Futebol de Braga, terá como assistentes Bruno Rodrigues e Álvaro Mesquita, enquanto João Capela desempenhará as funções de quarto árbitro.

O jogo entre o Brasil, que conta com os defesas do FC Porto Éder Militão e Alex Telles entre os convocados, e o Panamá está marcado para sábado, a partir das 17:00.

No dia 18, quatro jogadores do FC Porto B integraram o primeiro treino que a seleção brasileira de futebol fez em Portugal.

Os jovens ‘dragões’ Levi Faustino, Gonçalo Borges, Afonso Sousa e Justiniano foram chamados ao apronto realizado no Estádio do Bessa, no Porto, para colmatar algumas ausências na seleção brasileira, tendo, inclusive, participado na ‘peladinha’ orientada pelo técnico Tite.

O selecionador dos ‘canarinhos’ promoveu um treino ligeiro, no qual apenas Casimiro, Danilo, Éder Militão, Miranda, Philippe Coutinho e Felipe Anderson, além dos goleiros Ederson, Alisson e Werton, começaram de início.

A estes juntaram-se dois jovens brasileiros, que vieram com a comitiva – Glauber (Botafogo) e Lucas Santos (Vasco da Gama) -, que ajudam a complementar o lote dos 23 convocados.

Já com o apronto em curso, subiram ao relvado o estreante do FC Porto Alex Telles, Neres, Paquetá, Arthur, Firmino, Gabriel Jesus, Alan, Fabinho e Richarlison, mas que se limitaram a fazer corrida.

Alex Sandro, Marquinhos, Thiago Silva e Vinicius não se juntaram aos companheiros no relvado, enquanto que Fagner e Everton se juntam à comitiva terça-feira para fechar o grupo.

O defesa-esquerdo Alex Telles disse que ficaria “muito feliz” se a sua estreia pela seleção brasileira de futebol acontecesse no sábado, no Estádio do Dragão.

O jogador do FC Porto, que pela primeira vez foi chamado aos trabalhos dos ‘canarinhos’, considerou que a possível estreia será “um momento muito especial” na sua carreira, agradecendo ao treinador dos ‘dragões’, Sérgio Conceição, pela forma como o ajudou a evoluir.

“Não sei sei se vou jogar, mas estou à disposição. Se acontecer a minha estreia no Estádio do Dragão, ficaria muito feliz, porque tenho um gosto muito especial pelo FC Porto. O Sérgio Conceição tem uma parcela muito importante nesta minha convocatória, deu-me muita confiança e tenho respeito e admiração por ele”, disse o defesa-esquerdo.

Confrontado com o fato de outros jogadores da seleção brasileira alinharem, ou terem alinhando, no FC Porto, como o atual companheiro de equipe Éder Militão, ou os ex-dragões Danilo, Alex Sandro e Casimiro, o defesa-esquerdo lembrou a “dimensão mundial” do emblema ‘azul e branco’.

“O FC Porto é um clube espetacular e, desde que cheguei, senti-me em casa. É um clube que recebe bem, a cidade é maravilhosa e o facto de ser uma língua quase igual ajuda imenso na adaptação. Além disso, é um clube de dimensão mundial, com grande história, que dá muita visibilidade aos seus atletas”, partilhou, mediante a curiosidade dos jornalistas brasileiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend