Após incêndio, clubes manifestam solidariedade ao Flamengo

Foto Agencia Brasil

Mundo Lusíada
Com agencias

Após a tragédia que abalou o Rio de Janeiro, nesta manhã de sexta-feira, clubes e instituições de todo o Brasil e diversas no mundo estão enviando mensagens de condolências ao clube brasileiro.

A direção do clube Flamengo se colocou à disposição das autoridades e das famílias para auxiliar na apuração das causas do incêndio que ocorreu no Centro de Treinamento. O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, falou aos jornalistas e classificou o acidente como “a maior tragédia pela qual o clube já passou nos 123 anos de sua existência”.

“Estamos todos consternados. Certamente essa é a maior tragédia pela qual o clube já passou nos 123 anos de sua existência, com a perda dessas pessoas. Queremos tentar minimizar o sofrimento dessas famílias. Estejam certos de que o Flamengo não irá poupar esforços para minimizar ao máximo essa dor. O clube está colaborando com as autoridades para que as causas do incêndio possam ser apuradas. Ninguém mais do que nós tem total interesse para que isso ocorra. Todos no clube estão de luto”, disse o mandatário rubro-negro.

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, lamentou esta sexta-feira as mortes registradas na sequência do incêndio no centro de treinos do Flamengo, que vitimou dez pessoas.

“Nesta manhã, tomamos conhecimento da triste tragédia ocorrida no centro de treinos do Flamengo, vitimando jovens vidas que iniciavam a sua caminhada rumo à realização dos seus sonhos profissionais. Consternado, o Presidente da República solidariza-se com a dor dos familiares neste momento de luto”, partilhou Jair Bolsonaro, na sua conta na rede Twitter.

Também a Procuradora-geral da República do Brasil, Raquel Dodge, durante um discurso proferido na sessão do Conselho Superior do Ministério Público, transmitiu as suas condolências às vítimas do incêndio, acrescentando que o Brasil passa por uma “sucessão de factos e desastres evitáveis” e “preveníveis”, referindo-se também à tragédia da barragem de Brumadinho.

“Jovens atletas que ali estavam a dormir em condição de aprendizes desse desporto tão importante no país. (…) Isto revela a grande dificuldade que temos tido em prevenir desastres de grandes proporções, seja em áreas urbanas, seja em área rural”, declarou Dodge.

Do Rio, o clube de futebol Fluminense divulgou nota de solidariedade ao seu rival Flamengo, após ser noticiado o incêndio ocorrido nesta madrugada no centro de treinamento do time rubro-negro. O incêndio no alojamento da equipe deixou pelo menos dez mortos e três feridos, segundo as últimas informações.

“Hoje não há clima para treino. As atividades do dia foram canceladas. Jogadores e membros da comissão técnica se solidarizam com as vitimas e familiares da tragédia que aconteceu no Ninho do Urubu”, escreveu o time tricolor, em seu perfil no Twitter, decretando luto oficial de três dias.

A tragédia sensibilizou, de igual modo, a equipe do Vasco da Gama, também sediada no Rio de Janeiro. “O CRVG [Club de Regatas Vasco da Gama ] lamenta profundamente o trágico incêndio no CT [Centro de Treinamento] do Flamengo. A Direção Administrativa manifesta pesar e solidariedade aos familiares das vítimas, bem como à Direção e a todos os atletas do CRF [Clube de Regatas do Flamengo]. Colocamo-nos à disposição para auxiliar no que for necessário. #ForçaFlamengo”, disse, em postagem também publicada no Twitter.

Na mesma rede social, o Botafogo lamentou o acontecimento, dizendo que “hoje não tem rivalidade, não tem disputa, não tem vitória”. “Estamos todos derrotados e a dor é muito grande. Força ao @Flamengo, às vítimas e a todas as famílias das pessoas envolvidas na tragédia do Ninho do Urubu. #ForçaFlamengo”, acrescentou.

Em respeito às vítimas, a partida que seria disputada neste sábado entre Flamengo e Fluminense, no Maracanã, foi cancelada. A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) deve definir, com os dirigentes dos dois clubes, uma nova data para o jogo.

De Portugal

Também clubes portugueses se manifestaram após a divulgação das notícias sobre a tragédia no Rio. “Neste momento de dor, o Sporting CP está solidário com as famílias das vítimas do desastre no Centro de Treinos do Flamengo” divulgou o Sporting de Portugal.

A Federação Portuguesa de Futebol também divulgou em suas redes a mensagem: “Estamos convosco, Flamengo. #ForçaFlamengo”. O capitão do Benfica, o brasileiro Jardel, gravou um vídeo com mensagem aos brasileiros em nome do clube português, assim como a atleta do Benfica, a brasileira Rilany Silva, que também gravou vídeo deixando as condolências ao Flamengo pela tragédia ocorrida na manhã de hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend