A Portuguesa SUBIU

Em São Paulo / Futebol
Mundo Lusíada
Com Agencias
Após cinco anos, o time rubro-verde da Portuguesa de Desportos finalmente voltou à elite do Campeonato Brasileiro. O jogo em Curitiba na terça-feira, 13 de novembro, acabou em derrota para a Portuguesa, mas ainda assim o time conseguiu seu acesso para a série A do campeonato. A imprensa brasileira divulgava a comemoração da torcida, dos jogadores, e o “alívio” da diretoria.

No jogo contra o Coritiba, a Portuguesa, e uma torcida que saiu do Canindé em três ônibus para acompanhar o time, levou 2 gols do líder da rodada. Mas nem a derrota por 2 a 0 foi suficiente para estragar a festa da Portuguesa, já nos vestiários do Couto Pereira. A comemoração contou com um banho dos jogadores no técnico Vagner Benazzi. “O que nós fizemos aqui foi brilhante. Conseguimos dois acessos neste ano, no Campeonato Paulista e no Brasileiro. Devolvemos a Portuguesa ao lugar que é dela, que é na elite. Nossa missão foi cumprida”, disse Benazzi à imprensa.

Benazzi valorizou o esforço de todos os jogadores nesta temporada e enalteceu a força coletiva do time. “O futebol fica bonito quando tem essas alegrias e os jogadores merecem a festa que fizeram aqui no Couto Pereira. Foi um ano muito positivo e isso só aconteceu porque todo mundo correu demais e nunca se intimidou com o descrédito que muitas pessoas tiveram conosco”.

Na tarde de quarta-feira, os jogadores da Portuguesa foram recepcionados na chegada ao aeroporto de Congonhas por cerca de 100 torcedores, segundo a assessoria da Lusa. Os torcedores coloriram o aeroporto de verde e vermelho, e acompanharam a delegação lusitana até o Estádio do Canindé.

O atacante Diogo disse que o time tirou um peso das costas. “Apesar da derrota, nos sentimos campeões, pois conseguimos um acesso quando poucos acreditavam em nós. Muitos falaram que éramos um time de Série A2, mas conseguimos mostrar o contrário dentro de campo”, declarou.

Apesar da subida, o técnico da Lusa reclamou do resultado frente ao Coritiba. Com esse placar, o time do Canindé foi ultrapassado pelo Ipatinga e perdeu a segunda posição da competição nacional. “A Portuguesa é um time de tradição e precisa entrar sempre para brigar por títulos. Não fomos bem contra o Coritiba e ficamos um pouco mais longe dessa meta, mas vamos tentar nos recuperar nas próximas rodadas”, prometeu.

Vice-campeã brasileira em 1996, perdendo a final para o Grêmio, a Portuguesa esteve perto de retornar à elite do futebol nacional em 2005 e quase caiu para a Série C no ano passado. Agora, o time retorna a série A, apesar da derrota frente ao Coritiba.

A atual diretoria da Lusa tem feito grande esforço em prol do clube, e recebido grandes colaborações de empresários, panificadores, e dirigentes. Com o título da A2 do Campeonato Estadual e, agora, com o acesso a série A do Brasileiro, a Portuguesa tenta se reerguer sozinha.

Jogo
Depois da empolgante vitória de 6 x 2 da Portuguesa contra o Barueri, veio uma derrota nervosa.

Em Curitiba, o jogo começou tenso com algumas faltas da Portuguesa. Em 17 minutos de jogo, três da Lusa levaram cartão amarelo. Já o Coritiba manteve a posse de bola e conseguiu abrir o placar. A Portuguesa tentou equilibrar, mas quando vivia seu melhor momento na partida, acabou tomando o gol.

O segundo tempo veio e logo o Coritiba ficou com um jogador a menos, depois de uma expulsão. Mesmo com um a menos, o Coritiba marcou seu segundo gol e definiu o placar.

A Portuguesa jogou com Tiago; Wilton Goiano, Bruno Rodrigo, Marco Aurélio e Leonardo; Dias, Erick, Válber (Joãozinho) e Preto (Osmar); Diogo e Souza (Rogério), ao comando do técnico Vagner Benazzi.

Diante do placar, a Portuguesa ficou nos 59 pontos, mas assegurou seu acesso à Série A, depois da derrota do Fortaleza para o São Caetano, no Ceará (time cearense foi derrotado em casa por 1 a 0). Agora a Lusa joga, fora de casa, contra o Brasiliense.

Além do Coritiba, Ipatinga e Vitória também já conseguiram acesso para marcar presença na Série A do Brasileirão em 2008.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: