Petrobras vai explorar petróleo e gás na Bacia do Alentejo, em Portugal

Atualmente, a Petrobras opera outros quatro blocos na costa marítima de Portugal, em parceria com as empresas Galp e Partex. Os blocos estão localizados na Bacia de Peniche.

Da Redação Portugal Digital com agências

A estatal brasileira de petróleos Petrobras assinou, por meio de sua subsidiária Petrobras International Braspetro BV (PIB-BV), um acordo com Portugal para a exploração de hidrocarbonetos em águas profundas na Bacia do Alentejo.

Pelo acordo, a Petrobras terá uma participação de 50% nos blocos de Gamba, Lavagante e Santola. A companhia brasileira será a operadora dos três blocos. A região dos blocos compreende uma área de aproximadamente 9 mil quilômetros quadrados (km2), em profundidade de água de 200 a 3 mil metros.

Atualmente, a Petrobras opera outros quatro blocos na costa marítima de Portugal, em parceria com as empresas Galp e Partex. Os blocos estão localizados na Bacia de Peniche, no litoral oeste do país.

No final de Abril, o presidente do conselho de administração da empresa portuguesa de petróleos Galp, Murteira Nabo, confirmou a existência de “conversações” entre os acionistas para a Petrobras adquirir a participação de 33% da italiana ENI na Galp.

“Só confirmo que têm existido conversações entre acionistas”, disse Murteira Nabo, durante a apresentação do relatório de cumprimento do código de governo das sociedades da CMVM.

Também o ministro português das Finanças, Teixeira dos Santos, disse em Luanda que a maioria dos 33% da italiana ENI na Galp devem ser adquiridos pela brasileira Petrobras, mas admitiu que a petrolífera angolana, Sonangol, tenha uma palavra a dizer.

Deixe uma resposta