Os mais ricos de Portugal valem 32 bilhões de euros

Os detentores de fortunas em Portugal controlam 32 bilhões de euros e Américo Amorim ultrapassou Belmiro Azevedo, sendo agora o português mais rico, segundo ranking da revista Exame.

Da Redação Portugal Digital

Os detentores de fortunas em Portugal controlam 32 bilhões de euros e Américo Amorim ultrapassou Belmiro Azevedo, sendo agora o português mais rico, segundo ranking da revista Exame.

A revista editada em Portugal publicou, na quinta-feira 14 de agosto, a lista das grandes fortunas do país, liderada pelo empresário que começou no negócio da cortiça e hoje controla bancos, redes de supermercados e está nos petróleos, entre outras actividades empresariais.

Belmiro de Azevedo, que comanda o grupo Sonae, está agora na segunda posição. Sua fortuna foi a que mais caiu. Num ano, Belmiro de Azevedo viu a sua riqueza diminuir em 42,4%, de quase 3.000 milhões (3 bilhões) para 1.722 milhões de euros ( 1,7 bilhões).

“É a consequência da descida da cotação das empresas Sonae”, diz a “Exame”. A perda de valor das empresas cotadas está a ser generalizada este ano, afectando o saldo dos mais ricos.

De acordo com a revista, “as 100 maiores fortunas de Portugal valem agora 32 mil milhões de euros (32 bilhões) , uma queda de 6% face ao ano passado. O ano de 2008 contraria assim os anteriores. Por exemplo, de 2006 para 2007, as grandes fortunas tinham crescido 36%”.

No conjunto, a fortuna dos 100 mais ricos equivale a 19,68% do Produto Interno Bruto português.

Enquanto Belmiro perdia na Bolsa, Américo Amorim via a sua fortuna aumentar 11,6%, para 3.106 milhões de euros, graças às participações na Galp Energia e ao Banco Popular.

Na terceira posição está José de Mello, o presidente da Brisa, que tem participações em empresas como a EDP e detém o Grupo CUF e a Mello Saúde. Na quarta posição está o investidor José Berardo, enquanto João Pereira Coutinho, detentor do grupo SAG e da SGC, é o quinto colocado.

Dos cinco mais ricos, Américo Amorim é o que tem menos actividades empresariais no Brasil. Belmiro Azevedo, José de Mello, José Berardo e João Pereira Coutinho têm importantes negócios nos mercados brasileiros, desde o imobiliário às concessões ou ao aluguer de veículos.

Os 20 mais ricos de Portugal: 1 Américo Amorim € 3.106M 2 Belmiro de Azevedo € 1.722M 3 José de Mello € 1.196M 4 Joe Berardo € 882M 5 João Pereira Coutinho € 815M 6 Luís da Silva e Maria da Silva € 757M 7 Maria do Carmo Espírito Santo Silva € 754M 8 Família Mello € 753M 9 Alexandre Soares dos Santos € 739M 10 Horácio Roque € 726M 11 Salvador Caetano € 681M 12 Álvaro Pinho da Costa Leite € 487M 13 Família Matos Gil € 433M 14 João Nuno Macedo Silva € 433M 15 Dionísio Pestana € 407M 16 Manuel Rui Azinhais Nabeiro € 379M 17 Ilídio Pinho € 343M 18 Humberto Pedrosa € 343M 19 Manuel Fino € 334M 20 Manuel Champalimaud € 332M

Fonte: Revista Exame

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Send this to a friend