Governo seleciona dois bancos e fundo de investimento para compra da CGD Brasil

Da Redação
Com Lusa

O Governo português selecionou três investidores, dois bancos e uma empresa de investimentos, para apresentarem propostas vinculativas de compra do banco da Caixa Geral de Depósitos (CGD) no Brasil, segundo a resolução publicada em Diário da República.

Os investidores em causa são a empresa de investimentos brasileira Artesia Gestão de Recursos, o Banco ABC Brasil (detido pelo Arab Banking Corporation, com sede no Bahrein) e o Banco Luso Brasileiro (detido parcialmente pelo grupo Amorim).

Caberá agora à CGD dirigir convites a estes investidores, que já tinham apresentado intenções de aquisição indicativas, para apresentarem propostas vinculativas pelo Banco Caixa Geral – Brasil, que podem ser sobre a totalidade ou apenas parte do capital.

Ainda segundo a informação constante da resolução do Conselho de Ministros, houve 132 investidores a quem a CGD propôs fazerem propostas indicativas pelo banco detido a 100% pela CGD no Brasil, tendo sido recebidas apenas três intenções de aquisição indicativas, pelo que foi sobre estas que o Conselho de Ministros deliberou.

Em julho, o presidente executivo da CGD disse que o banco fazia análise das ofertas para a operação do Brasil, considerando que haver “tensão competitiva” no processo de venda, beneficiando o preço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend