Economia mundial será melhor em 2009, diz FMI

Fundo Monetário Internacional prevê fim da crise no setor imobiliário, mas afirma que tendência de desaquecimento seguirá até fim deste ano.

Cátia Marinheiro Da Rádio ONU

O Fundo Monetário Internacional, FMI, sugere que 2009 será marcado por uma recuperação da economia global. Mas de acordo com o fundo, a retomada será lenta e sem força suficiente para evitar pressões no setor financeiro.

A declaração foi dada pelo primeiro vice-diretor-gerente do FMI, John Lipsky, durante uma reunião em Frankfurt, na Alemanha, organizada pelo jornal "Die Zeit".

Economias Emergentes O FMI aposta na queda do preço do barril do petróleo e a superação da crise do setor imobiliário. De acordo com o fundo, a situação da economia global é uma das mais difíceis dos últimos anos por causa da crise financeira iniciada no ano passado.

Segundo o fundo, a retomada da economia será apoiada pelo bom desempenho de muitos países emergentes, que sofreram menos com os efeitos da crise financeira.

O crescimento global da economia está previsto para cair de 5% em 2007 para 3% neste ano. Em 2009, a previsão de crescimento é de 4%.

Mas segundo ele, os riscos vão continuar a ser elevados. John Lipsky disse também que a concessão de empréstimo e linhas de crédito deve permanecer nos níveis atuais principalmente por causa da preocupação com instituições financeiras.

Ele pediu a governos e bancos que trabalhem juntos e troquem informações para superar a atual crise econômica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Send this to a friend