Brasil quer incrementar presença de empresas brasileiras em Portugal, diz Temer em Lisboa

Da Redação
Com Lusa

 

Michel Temer e Cavaco Silva em Lisboa. Foto: José Barradas – Ascom/VPR

 

O Brasil quer incrementar a presença de suas empresas em Portugal, disse em 14 de dezembro o vice-Presidente brasileiro, Michel Temer, depois de uma reunião com o Presidente Cavaco Silva, em Lisboa.

“Queremos muito incrementar a presença destas empresas (brasileiras) aqui, em Portugal”, declarou Michel Temer, que é líder do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), da base política que apoia a Presidente Dilma Rousseff.

Durante o encontro com Cavaco Silva, Temer disse que ambos falaram sobre as relações entre os dois países nos diversos setores.

“Pudemos registrar o fato que muitas empresas portuguesas estão no Brasil, cerca de 600, associadas a empresas brasileiras de um lado, e de outro lado, um número muito significativo de empresas brasileiras que estão aqui em Portugal”, sublinhou, acrescentando que inúmeras construtoras brasileiras estão a trabalhar em Portugal.

“Até registrei, no campo da saúde, uma grande empresa desta área no Brasil, a Amil, acaba de participar de uma concorrência para administrar vários hospitais aqui em Portugal”, afirmou ainda.

O vice-Presidente brasileiro e Cavaco Silva falaram sobre a privatização da TAP e da ANA, assim como do interesse das empresas brasileiras nestes negócios.

“Falamos de ambas (TAP e ANA) e em ambas vocês sabem que há empresas brasileiras (interessadas no processo de privatização). A Avianca, no caso da TAP, e várias outras empresas no outro caso (ANA)”, indicou.

Segundo Temer, não ouviu palavras de preocupação sobre a vinda de capitais brasileiros para Portugal, “ao contrário, a palavra é de boa recepção ao capital brasileiro em Portugal, como de resto, é no Brasil (bem recebido) o capital português que lá se encontra”.

“Nós estamos num processo de concessões, portanto as empresas brasileiras estão muito voltadas para as concessões que estão sendo feitas e serão feitas no Brasil. Mas as empresas brasileiras cresceram de tal forma que hoje elas conseguem ter, além de uma presença nacional, uma presença internacional”, acrescentou.

Sobre a crise econômica que Portugal atravessa, disse que tem a certeza que Portugal “conseguirá eliminá-la proximamente”.

Michel Temer e Cavaco Silva abordaram ainda aspetos culturais, como o Ano do Brasil em Portugal e o Ano de Portugal no Brasil, o aumento do turismo brasileiro, e ainda os 1500 alunos que estão a estudar em Portugal no âmbito do programa Brasil Sem Fronteiras, que fornece bolsas de estudos para vários países.

O vice-Presidente Michel Temer, que chegou a Lisboa no dia 13, teve ainda almoço com empresários brasileiros e, uma reunião com o ex-Presidente Mário Soares, na Fundação Mário Soares.

Assistiu uma peça de teatro brasileira, “Herivelto como conheci”, com a atriz Marília Pêra, no Teatro D.Maria II, em Lisboa, no âmbito do Ano do Brasil em Portugal.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: