Vereador português renuncia a cargo para ser apenas docente

Da Redação Com Lusa

O vereador Pedro Silva, que vinha tutelando a tempo parcial os pelouros do Desporto e Juventude na Câmara Municipal de São João da Madeira, renunciou ao cargo para se dedicar em exclusivo à docência, revelou a autarquia no distrito de Aveiro.

Professor de Educação Física, o quinto elemento da lista do PS às últimas eleições autárquicas passa assim a concentrar-se apenas nas suas funções letivas na Escola Secundária Serafim Leite, também nesse concelho.

Em nota pública à população, o presidente da Câmara de São João da Madeira, Jorge Vultos Sequeira, agradeceu a Pedro Silva o seu “trabalho e empenho no exercício do cargo”, realçando em particular “o seu contributo para o programa de Ética Municipal no Desporto, para o projeto LaboSer [de atividade física para funcionários da autarquia] e para a adesão do município ao programa ‘Portugal a Nadar'”.

Pedro Silva foi substituído no exercício das suas funções de vereador por Rosário Gestosa, também ela professora de Educação Física, mas no concelho de Tondela.

A nova vereadora ocupava o sexto lugar na lista do PS às autárquicas de 2017, depois de no mandato anterior ter integrado o executivo socialista da Junta de Freguesia de São João da Madeira, onde foi responsável por diversas iniciativas ligadas ao desporto e à cultura.

Licenciada em Educação Física e Desporto pela Universidade do Porto, Rosário Gestosa integrou a direção da FAJDA – Federação das Associações Juvenis do Distrito de Aveiro e, enquanto atleta, sagrou-se campeã nacional de 100 metros barreiras em 1995.

Fonte da Câmara de São João da Madeira realça que a sua atuação política ao nível local foi sempre acompanhada por “uma forte participação cívica” no concelho, sobretudo ao nível da atividade política e da organização de eventos desportivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend