Prêmio Portugal Telecom premia Gonçalo Tavares

 

Mundo Lusíada Com agencias

O português Gonçalo Tavares foi o vencedor do prêmio Portugal Telecom 2007 de Literatura em Língua Portuguesa, na terça 16 de outubro. O escritor ganhou com o romance "Jerusalém" (Companhia das Letras).

O escritor recebeu um troféu das mãos do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, e receberá um prêmio de R$ 100 mil. Em seu agradecimento, Gonçalo falou da importância das "ligações entre as pessoas que falam português".

Em segundo ficou o curitibano Dalton Trevisan, com o livro de contos "Macho Não Ganha Flor", e em terceiro Teixeira Coelho por "História Natural da Ditadura", ensaísta e romancista, professor da Escola de Comunicação e Artes, da Universidade de São Paulo (USP). Eles devem ganhar respectivamente R$ 35 mil e R$ 15 mil.

Professor universitário e escritor, nasceu em 1970 em Luanda, Angola. Gonçalo Tavares já havia ganhado, com sua obra "Jerusalém", o Prêmio Saramago em 2005 e o prêmio Ler/Millenium 2004.

Nesta última edição, o Prêmio Portugal Telecom ampliou sua abrangência e passou a contemplar todos os livros escritos em língua portuguesa, de qualquer nacionalidade, já editados no Brasil.

Deixe uma resposta