O Fado na Intimidade de Glória de Lourdes

O “Fado na Intimidade” conta com as participações de Mario Rui e Otávio Miranda nas guitarras portuguesas, Alexandre Matis, no violão e Saulo Rodrigues, no baixo e foi totalmente idealizado pela cantora.

Por Eulália Moreno

Capa do DVD Gloria de Lourdes / Divulgação

Lançado em DVD e CD , “Fado na Intimidade” é o título do último trabalho individual de Glória de Lourdes, o primeiro editado no Brasil pela fadista que completa em 2011, 47 anos de carreira.

Os seus álbuns individuais anteriores “Amigo Brasileiro” e “Fado, Amor e Poesia” foram gravados em Portugal. Entre eles e o “Fado na Intimidade” , Glória de Lourdes participou de vários projetos musicais lusófonos com destaque para “Mensagem- Fernando Pessoa” onde interpreta duas poesias musicadas por André Luis Oliveira e uma narração na Praça da Língua, do Museu da Língua Portuguesa, ao lado de Chico Buarque, Maria Bethânia, Hermínio Bello de Carvalho, Zélia Duncan, Guinga, Tom Zé, José Celso Martinez Correa, Alice Ruiz, Arnaldo Antunes, dentre outros renomados ícones da cultura brasileira.

Em 2004 integrou a convite da musicóloga Anna Maria Kieffer o projeto “Cancioneiro da Imigração – Memória Musical de Imigrantes na cidade de São Paulo nos séculos XIX e XX”, editado em 2 CDS acompanhados de um livreto que se tornou numa  referência para pesquisadores e estudiosos das várias comunidades radicadas na cidade de São Paulo

Atualmente apresenta ao lado de Sebastião Manoel o programa “Quem Somos Nós”, todos os sábados das 15 às 15h30  na NET Canal 9 Tv Aberta e realiza espetáculos em festas tradicionais portuguesas e em restaurantes típicos de norte a sul do Brasil.

Amália, a pedido da própria

O “Fado na Intimidade” conta com as participações de Mario Rui e Otávio Miranda nas guitarras portuguesas, Alexandre Matis, no violão e Saulo Rodrigues, no baixo e foi totalmente idealizado pela cantora.

“Canto um repertório com músicas desde o início da minha carreira como “Troca de Corações – Fado Lopes” (Mario José Lopes) até músicas de autoria de Jorge Fernando de quem gosto muito, como “Tantos Fados deu-me a vida” e “Os Búzios”. Há uma inédita “Silêncio Rasgado em Pranto” (Cecília Ferreira/Carlos Reis) e outras que fazem parte das apresentações que faço, “Foi Deus” (Alberto Janes) e “Vinte e Quatro Rosas” (Juan Sebastian/v. Manuel Bernardo)”, conta  Glória de Lourdes em entrevista por telefone ao Mundo Lusíada.

De Amália Rodrigues e Carlos Gonçalves, “Lágrima” e “Ribeirinha”. “Com Amália a minha relação foi sempre de muito respeito e admiração e escolhi essas músicas por  sugestão dos seus próprios autores, ambos queriam que eu as gravasse”. 

Fados de Silva Tavares, Frederico Valério, Raul Ferrão, Joaquim Pimentel, Fontes Rocha, Julio Proença, Antonio Campos, Linhares Barbosa e Armandinho completam o “Fado na Intimidade” que ainda traz depoimentos de Glória de Lourdes, um álbum de fotos nos extras do DVD e que teve o patrocínio do Banif, da Transportadora Cruz de Malta, de Celso Simões e da Tejofran.

Os interessados podem adquirir o “Fado na Intimidade” escrevendo para o email: [email protected]

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: