Niemeyer é o mais novo membro da Academia de Ciências de Lisboa

Do Jornal Mundo Lusíada

Divulgação

No último 15 de maio, o renomado arquiteto Oscar Niemeyer recebeu, das mãos do embaixador de Portugal no Brasil, Francisco Seixas da Costa, o certificado de sócio-correspondente da Academia de Ciências de Lisboa.

“Eu agradeço muito, é uma escolha generosa. Vindo de Portugal, para mim é sempre importante”, disse Niemeyer, após receber o diploma.

O embaixador de Portugal foi o orador convidado pelo Real Gabinete Português de Leitura, do Rio de Janeiro, para a sessão comemorativa do seu 171º aniversário. Durante intervenção, Seixas da Costa fez um balanço das relações luso-brasileiras desde que assumiu funções no Brasil, em 2005, destacando as comemorações do bicentenário da vinda da Corte Portuguesa para o Brasil, celebrado durante o ano de 2008, e a sessão solene com a presença dos Chefes de Estado de Portugal e Brasil, em 8 de março, ocorrido no Real Gabinete.

Para o arquiteto, que completou 100 anos no passado 15 de dezembro, a sua relação com Portugal sempre foi “muito próxima e permanente”. “O Brasil é um prolongamento de Portugal, somos irmãos e sempre nos aproximamos quando é possível. Quando eu estou em Portugal, parece que estou a andar no Brasil no tempo colonial”, assinalou. Niemeyer ainda realçou a importância da ciência na sociedade, considerando que o conhecimento científico “explica tudo hoje”. “É a ciência que desvenda e abre o caminho”, e acrescentou dizendo que, assim como a ciência, a arquitetura evolui em função da técnica e da sociedade.

Durante a cerimônia, o arquiteto elogiou também a literatura portuguesa, sua amiga desde os tempos de juventude. “Eu me lembro, quando era estudante, de começar a ler Eça de Queiroz e os livros de autores portugueses como Guerra Junqueiro, um poeta fantástico.

Eu li quando era rapazinho. Assim como Saramago, que é um grande escritor”.

Na avaliação do embaixador de Portugal, o fato de um brasileiro ser sócio-correspondente da Academia das Ciências de Portugal é reflexo da proximidade entre os dois países. “Oscar é uma grande figura da arquitetura a nível mundial. A instituição é de Portugal, mas é também do Brasil. Seria uma lacuna não ter este grande arquiteto na Academia de Ciências de Portugal, que tem vários séculos com pessoas ilustres”, afirmou o diplomata à agência Lusa.

Na cerimônia presidida pelo Dr. Ruy Patrício, presidente do Conselho Deliberativo da instituição, foram atribuídos títulos honorários a várias entidades, além de prêmios para concursos de monografias, e empossada a nova direção do Gabinete para 2008-2010.

Arquitetura Considerado um dos grandes renovadores da arquitetura no século 20 , Oscar Niemeyer trabalha diariamente apesar da idade avançada no seu escritório, na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, e já realizou mais de 600 projetos arquitetônicos em todo o mundo em 70 anos de carreira.Niemeyer procura fazer sempre uma arquitetura variada, com um sentido humano que crie surpresa, espanto. “Uma coisa que o sujeito olha e tem prazer. E uma obra de arte é emoção”. Entre os projetos importantes do arquiteto no Brasil estão os conjuntos arquitetônicos da Pampulha em Belo Horizonte, e do parque Ibirapuera em São Paulo.

O arquiteto desenhou a maioria dos prédios públicos de Brasília, como os Palácios do Planalto, da Alvorada, do Itamaraty, a catedral, os edifícios do Supremo Tribunal Federal e do Congresso. A beleza de seu traçado levou as Nações Unidas a declarar a cidade patrimônio cultural da humanidade em 1987.

No exterior, destacam-se 15 prédios do bairro residencial de Hansa, na Alemanha, a torre da Defesa e sede do Partido Comunista Francês, em Paris, os anexos da Universidade de Oxford na Inglaterra, e uma urbanização no Algarve, em Portugal. Nos anos 60, Oscar Niemeyer concebeu o projeto para um conjunto de hotel, cassino e centro de congressos no Funchal, Madeira, concretizado cerca de dez anos depois. Com Agencias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Send this to a friend