Mostra de cinema “A Luz Invisível de Rui Poças” a partir de quinta-feira em São Paulo

Da Redação
Com Lusa

O trabalho do diretor português de fotografia Rui Poças estará em destaque a partir de quinta-feira, no Brasil, com a mostra de cinema “A Luz Invisível de Rui Poças”, no Centro Cultural de São Paulo.

Na mostra, que decorre entre quinta-feira e 06 de agosto, será exibida “uma pequena seleção de alguns dos trabalhos mais emblemáticos” de Rui Poças, segundo informação disponível na página oficial do Centro Cultural de São Paulo pela rede social.

Ao longo de cinco dias serão exibidos “Tabu”, “A cara que mereces” e “Aquele querido mês de Agosto”, de Miguel Gomes, “O Ornitólogo”, “O Fantasma”, “Morrer como um homem” e “Odete”, de João Pedro Rodrigues, “Zama”, de Lucrecia Martel, “As boas maneiras”, de Juliana Rojas e Marco Dutra, e “Hilda Hist pede contato”, de Gabriela Greeb.

A programação da mostra inclui ainda uma ‘masterclass’ “preparada especialmente para o Centro Cultural de São Paulo” por Rui Poças.

Rui Poças, nascido no Porto em 1966, é ainda responsável, entre outros, pela fotografia de filmes como “Frankie”, de Ira Sachs, “Al Berto”, de Vicente Alves do Ó, “A última vez que vi Macau”, de João Pedro Rodrigues e Rui Guerra da Mata, “Ferrugem”, de Aly Muritiba, e “André Valente”, de Catarina Ruivo.

A mostra “A Luz Invisível de Rui Poças” é organizada pelo Centro Cultural de São Paulo, em parceria com o Consulado Geral de Portugal em São Paulo, e conta com o apoio do Instituto Camões e das produtoras O Som e a Fúria e Rosa Filmes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend