Missão técnica analisa espólio de Gabinetes de Leitura Portugueses no Brasil

Arquivo/Mundo Lusíada: O Embaixador de Portugal em visita a biblioteca do Grêmio Literário Português em Belém do Pará.

Da Redação

Uma missão técnica vai analisar o espólio literário de três instituições culturais centenárias fundadas por portugueses no Brasil.

O Gabinete Português de Leitura de Pernambuco (fundado em 1850), o Grêmio Literário e Recreativo Português de Belém do Pará (1868) e o Gabinete Português de Leitura de Salvador da Bahia (1863), são os focos de dois especialistas enviados pela Biblioteca Nacional de Portugal.

A missão técnica, iniciada em 13 de maio, é destinada a avaliar o espólio literário das três instituições e estudar a possibilidade de se proceder à digitalização e preservação dos exemplares mais relevantes e raros. No seu conjunto, as bibliotecas destas três instituições, possuem um acervo com 160 mil volumes.

Segundo o governo, a missão assenta num protocolo de colaboração, celebrado no passado mês de janeiro, entre a Biblioteca Nacional de Portugal e o Instituto Diplomático.

A iniciativa teve origem em visitas realizadas às instituições pelo Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro. As deslocações permitiram dialogar com os dirigentes das três instituições sobre a importância de preservar valores culturais.

O primeiro passo para a valorização deste patrimônio deu-se com o apoio da rede diplomática e consular de Portugal no Brasil, em 2018, à reedição livro do século XIX “A Arte da Cosinha”, da autoria de João da Matta. Este livro pertence ao espólio do Grêmio Literário e Recreativo Português de Belém do Pará e, conforme publicou o Mundo Lusíada, as receitas obtidas com a sua venda reverteram para a instituição.

“Os Gabinetes de Leitura fundados por portugueses no Brasil constituem espaços extraordinários de valorização do saber e da cultura. É importante preservarmos este valioso legado, para que possamos prevenir episódios trágicos como os ocorridos com os incêndios que danificaram o Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, ou o Museu Nacional do Brasil, no Rio de Janeiro” disse o Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro.

Ângela Ferreira, Secretária de Estado da Cultura, sublinhou que “a missão técnica enviada pela Biblioteca Nacional de Portugal permitirá analisar o importante espólio literário que existe nos gabinetes de leitura portugueses de Belém do Pará, Recife e Salvador da Bahia, trabalho de grande relevância para a preservação da cultura e língua portuguesas. Com esta iniciativa será possível preservar os bens culturais mais importantes para o projeto de digitalização em curso”.

O trabalho dos especialistas inicia-se no Gabinete Português de Leitura de Pernambuco. A missão partirá depois para a cidade de Belém, no Estado do Pará, onde se situa o Grêmio Literário e Recreativo Português. A última instituição a ser visitada será o Gabinete Português de Leitura de Salvador da Bahia, cidade onde os técnicos irão terminar o seu trabalho a 27 de maio.

A missão foi preparada com o apoio da Embaixada de Portugal em Brasília, sendo implementada, nas diferentes cidades, com o apoio dos serviços consulares de Portugal em Belém do Pará, Salvador e Recife e das entidades associativas a visitar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend