626 euros por mês: Lisboa, a cidade mais cara para estudantes

Universitários de Lisboa gastam mais de 600 euros por mês em alojamento, alimentação e transporte. Em Porto e Coimbra, valor está abaixo dos 500 euros/mês.

Mundo Lusíada
Com Lusa

Lisboa continua a ser a cidade mais cara do país para os estudantes universitários, onde o custo médio mensal é de 626 euros para despesas de alojamento, alimentação e transporte, segundo a plataforma Uniplaces.

Com base em dados sobre os custos básicos de alojamento, alimentação e transporte nas cidades universitárias de Lisboa, Porto, Coimbra e Braga, relativos ao mês de abril, a plataforma Uniplaces concluiu que “Lisboa é a cidade mais cara para os estudantes – 626 euros mensais, que contrasta com Coimbra, em que o orçamento mensal necessário é de apenas 433 euros”.

“Já Porto e Braga apresentam valores muito semelhantes, 496 euros e 493 euros, respectivamente”, avançou.

Entre estas quatro cidades universitárias nacionais, a média do custo mensal suportado pelos estudantes ronda os 512 euros, que resulta da soma de “307 euros de preço médio de aluguer de quarto, 172 euros de compras de supermercado e 32 euros de despesas com transportes públicos”, indicou a plataforma ‘online’ de arrendamento a estudantes.

“Esta análise mostra que quem optar por estudar em Lisboa precisa de um orçamento mensal consideravelmente superior ao de quem escolha Coimbra, por exemplo, com uma diferença de quase 200 euros mensais”, afirmou a responsável de ‘marketing’ para o mercado português da Uniplaces, Inês Amaral.

De acordo com os dados analisados pela plataforma, “o alojamento é o custo mais elevado que os estudantes têm de suportar ao estudarem fora, motivo pelo qual o arrendamento de um quarto individual continua a ser a opção de eleição”.

Na cidade de Lisboa, os estudantes gastam, em média, 409 euros por mês em arrendamento, valor superior ao registrado no Porto (298 euros), em Braga (299 euros) e Coimbra (222 euros).

Neste sentido, “para os estudantes que optaram pela capital, o arrendamento de um quarto representa 65% do seu orçamento mensal”, apurou a Uniplaces.

Outro dos principais encargos dos jovens que estudam fora é a alimentação, verificando-se que o custo médio mensal de alimentação é superior em Lisboa (181 euros), seguindo-se as cidades de Coimbra (176 euros) e do Porto (168 euros). Já Braga é a cidade menos dispendiosa, com os estudantes a gastarem “apenas 166 euros, ou seja, 33% do seu orçamento médio mensal”.

A somar ao alojamento e à alimentação, “o transporte é dos custos menos pesados nos orçamentos mensais dos estudantes”, apontou a plataforma ‘online’, revelando que o passe mensal para deslocações no centro destas cidades custa, em média, 36 euros em Lisboa, 35 euros em Coimbra, 30 euros no Porto e 28 euros em Braga.

Conforme já divulgou o Mundo Lusíada, são muitos os estudantes brasileiros que estão escolhendo Portugal para estudar. Os vistos de estudantes em São Paulo só vem aumentando, ainda mais depois de diversas universidades portuguesas fecharem acordo com o governo brasileiro para aceitação das notas do Enem como critério de seleção para alunos brasileiros.

Criada por portugueses em 2012, a plataforma de alojamento universitário Uniplaces permite aos proprietários e senhorios a rentabilização dos imóveis junto do mercado de arrendamento universitário, que tem vindo a crescer nos últimos anos, em várias cidades universitárias da Europa.

Atualmente, a plataforma conta com “mais 50 mil anúncios ativos, disponíveis para estudantes de mais de 100 países” que procuram um apartamento ou um quarto para viverem durante o período de estudos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend