Festival Cordas nos Açores abraça violeiro brasileiro Afonso Villasanti

Da Redação

O festival de músicas do mundo a acontecer na ilha do Pico no Açores, Portugal, tem presença brasileira nesta sua quarta edição. Festival Cordas, que celebra a arte dos cordofones, acolhe Afonso Villasanti e a Viola Caipira pela primeira vez, e ainda apresenta o filme “Onde está você, João Gilberto”.

Estudiosos concordam que a viola brasileira é de origem portuguesa, que também pode ser identificada como viola caipira, viola de dez cordas, viola sertaneja, viola cabocla, viola nordestina, viola de feira, viola de mão, viola de arame, entre outras denominações.

Pela primeira vez no Festival Cordas, Afonso Villasanti apresenta esta viola, irmã da Viola da Terra dos Açores, às audiências do festival.

Afonso Villasanti começou seus estudos musicais aos 9 anos de idade, recebendo as primeiras lições de violão erudito de seu pai. Durante a adolescência, se interessa pela guitarra e migra completamente de instrumento, trabalhando em bandas de hard rock e heavy metal, entre elas a Infinite Dreams (Iron Maiden cover), e grava um disco instrumental por nome “Música Metropolitana”.

Em 2010, se forma em guitarra pelo Conservatório Carlos Gomes de Campinas. Atualmente, dedica-se à viola caipira, graduando-se em música popular (bacharelado) pela UNICAMP e fazendo pesquisas na área de cultura popular brasileira.

De especial, uma das apresentações de Afonso Villasanti será na Gruta das Torres, o maior tubo lávico de Portugal.

Outro cheirinho brasileiro no festival é o filme do realizador suíço George Gachot, que trabalhou por vários anos para executar “Onde Está Você, João Gilberto?”. Inspirado no livro HO-BA-LA-LÁ – À Procura de João Gilberto, do escritor alemão Marc Fischer, o cineasta decide refazer os passos do autor no Rio de Janeiro em busca do recluso ícone da música brasileira.

De 11 a 15 de setembro, 5 dias de musica por todo o concelho da Madalena, a mais jovem vila na ilha montanha no meio do Oceano Atlântico. Este ano, além de artistas do norte a sul de Portugal e ilhas, o festival acolhe artistas do Reino Unido, Holanda, Canadá, Estados Unidos, Moçambique, Guiné e do Brasil.

O Festival Cordas recebeu prêmio de TOP10 Melhor Novo Festival na Península Ibérica, que inclui festivais de Portugal e Espanha, e esse ano recebeu o prêmio de TOP10 Melhor Festival de Músicas do Mundo da Transglobal World Music Chart por ser um festival único e que se dedica aos cordofones.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend