Feira do Livro de Buenos Aires reúne milhares de profissionais de 30 países

Por Ronaldo Andrade

Reunindo profissionais de 30 países, a 45ª Feira do Livro de Buenos Aires, na Argentina, terminou no último dia 13 com saldo positivo para o mercado editorial, reunindo milhares de profissionais do setor, totalizando 530 expositores, 133 iniciativas promovidas por Barcelona (Espanha), cidade convidada de honra do evento, e diversas ações para a o fomento da leitura, atraindo mais de três mil jornalistas para a cobertura.

Além dos expositores, a Feira promoveu jornadas profissionais, com oficinas de capacitação para bibliotecários, distribuidores, editores, escritores, ilustradores, livreiros e tradutores, discutindo temas como produção tradicional e digital.

O estande do Brasil promoveu várias atividades para a divulgação da literatura brasileira e da Língua Portuguesa, como o evento da apresentação, ao público e aos profissionais do segmento, do livro ‘Reunión de Consorcio’ (Editora Letraviva), tradução do título ‘Eleição de síndico’, escrito por Ronaldo Andrade, jornalista e correspondente do jornal Mundo Lusíada na Baixada Santista, que lançou a obra no ano passado, na Feira do Livro de Lisboa, pela Chiado Editora.

A Feira do Livro de Buenos Aires também contou com o lançamento do livro ‘Sinceramente’ (Penguin Random House), coleção de memórias da senadora e ex-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, que vem sendo cogitada para se candidatar à eleição presidencial, que se realiza em outubro, contra o atual presidente, Mauricio Macri.

Para o presidente da ANL (Associação Nacional de Livrarias), Bernardo Gurbanov, que esteve presente no evento, apesar da crise das economias regionais e do colapso registrado pelo setor editorial, com o registro de queda nas vendas no varejo que afetou também o mercado portenho, a Feira ofereceu ao público variedade de oferta, estandes convidativos e inúmeros eventos culturais, valorizando a diversidade do encontro.

Gurbanov destaca ainda, para a divulgação no mercado argentino, que as obras brasileiras sejam traduzidas para o espanhol, facilitando o acesso ao público e demonstrando a importância do trabalho de tradução.

O dirigente também já está organizado a 29ª Convenção Nacional das Livrarias, organizada pela ANL, a ser realizada nos dias 28 e 29 de agosto, no Hotel Windsor, no Rio de Janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend