200 Anos: Exposição resgata história das famílias portuguesas em São Bernardo

Terça-feira | 12 AGO 08

200 Anos

Da Redação

Em comemoração ao Bicentenário da Chegada da Família Real Portuguesa ao Brasil, a Prefeitura de São Bernardo promove a exposição Famílias Portuguesas em São Bernardo do Campo. A abertura, marcada para 14 de agosto, no Serviço de Memória e Acervo, conta com a presença do prefeito William Dib, da secretária de Educação e Cultura, Iara A. Gobbet, do presidente da Comissão Organizadora das Comemorações do Bicentenário, Ramos de Oliveira, do presidente da Casa de Portugal do ABC, André da Silva Magalhães, além de membros do Elos Clube do Grande ABC, e representantes das famílias e associações portuguesas na região. Organizada pela Seção de Memória e Patrimônio Histórico e Cultural da Secretaria de Educação e Cultura, a mostra integra as comemorações de 455 anos da cidade, celebrado em 20 de agosto. Durante a abertura, apresentação do grupo Trio Fado Brasil, com canções populares portuguesas, além da exibição de um filme sobre Portugal. A exposição Famílias Portuguesas em São Bernardo do Campo é composta por 16 painéis com 61 fotos, retratando as tradicionais famílias de origem lusitana, além de vitrines com artesanatos e objetos pessoais como lenços, bordados e enfeites típicos portugueses (as fotos e os objetos fazem parte da coleção das famílias e do Serviço de Memória e Acervo). Uma mostra do artista plástico lusitano Herlander Rascão Gomes, com 10 obras sobre as províncias portuguesas, também está patente, até 21 de agosto.

A Origem Os portugueses e seus descendentes estiveram presentes em todos os momentos da história de São Bernardo do Campo e sobre ela exerceram grande influência. A trajetória na região pode ser dividida em dois momentos: o primeiro vai desde os registros históricos da região, ainda no século XVI, até o estabelecimento de núcleos coloniais, em 1877. Em SBC, a relação com os portugueses tem início com a figura de João Ramalho, fundador da então Vila de Santo André da Borda do Campo, a primeira povoação da região, extinta em 1562. A partir do século XVIII, a presença de lusos-descendentes na região passa a ser constante. O segundo momento da história portuguesa em São Bernardo começa com o estabelecimento de núcleos coloniais e a chegada massiva de imigrantes de outras nacionalidades, evento que traz grandes transformações na composição étnica, cultural e econômica da cidade. No decorrer de todo o século XX, famílias portuguesas continuaram a chegar à cidade. O que une estas famílias, algumas das quais enfocadas nesta exposição, é a origem humilde e a determinação na busca de prosperidade, principalmente através da atividade comercial na qual sua atuação alcançou grande destaque no município. Serviço:

EXPOSIÇÃO: Famílias Portuguesas em São Bernardo do Campo De 15 de agosto a 15 de setembro Local: Serviço de Memória e Acervo Alameda Glória, 197 – Centro – São Bernardo/SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend