Em Espinho, Festival de Cinema de Animação teve 96 candidaturas do Brasil

Da Redação
Com Lusa

A organização do Cinanima – Festival Internacional de Cinema de Animação de Espinho revelou que terminou o prazo de inscrições com aproximadamente 1.400 candidaturas, entre as quais 461 filmes dirigidos por estudantes e 96 oriundos do Brasil.

O evento na cidade do distrito de Aveiro irá decorrer de 11 a 17 de novembro.

Para os organizadores, a crescente presença de obras de carácter acadêmico no festival deve-se à “notoriedade e visibilidade que o Cinanima oferece ao vencedor do Grande Prêmio” e beneficia assim de uma projeção acrescida – que se revelará particularmente útil em início de carreira.

As 1.400 inscrições já formalizadas são provenientes de 72 países, mas este ano há uma alteração na lista das nacionalidades com maior produção: a França mantém-se no topo, com 196 filmes de animação a concurso, e o Reino Unido permanece na segunda posição, com 120, mas o terceiro lugar do ‘ranking’, habitualmente ocupado pela Rússia ou pelos Estados Unidos, é agora detido pelo Brasil, com 96 candidaturas.

Para a organização da 43.ª edição do Cinanima, isso demonstra “a galopante ascensão da animação brasileira”.

Outra novidade em 2019 é que, desde a sua fundação em 1976, o festival irá receber pela primeira vez filmes das Ilhas Maurícias, de Omã e da República Democrática do Congo.

Quanto à competição portuguesa, a organização do Cinanima realça o seu “inegável papel de pioneiro na divulgação e promoção do cinema de animação de autor” e diz receber com “particular orgulho” 60 obras assinadas por diretores portugueses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend