Chegada da Corte portuguesa vira filme

Mundo Lusíada

E o Brasil passou de colônia à centro do Império de Portugal. Esta história também será contada no filme “O Inventor de Sonhos”, do brasileiro Ricardo Nauenberg, com a produtora Indústria Imaginária e distribuído pela Europa Filmes. Em fase de pré-produção, o filme deve estrear ainda em 2008, aproveitando as comemorações dos 200 anos da transferência da corte portuguesa para o Brasil.

Ainda sem título definitivo, a iniciativa é mais uma integrante da programação das comemorações do bicentenário assinaladas pela Prefeitura do Rio de Janeiro. Além desta, está em curso lançamento de livros, discos, exposições e restauro de monumentos da época. Segundo um levantamente da Livraria Cultura, pelo menos 24 novos títulos de livros, a maioria lançada em 2007, tratam a vinda da família real.

Entre uma das atrizes que compõe o elenco do novo longa está Guilhermina Guinle. O local escolhido para as filmagens, com um orçamento de R$ 10 milhões, foi a histórica cidade de Paraty, no Rio. Os três principais patrocinadores do filme são Banco do Brasil, Linha Amarela S/A (Lamsa) e Oi, e a divulgação deve começar dois meses antes do lançamento.

Neste ano, a Prefeitura do Rio prevê um investimento entre R$ 25 e R$ 30 milhões nas comemorações do bicentenário. “É uma data muito importante. A vinda da família real ao Brasil fez com que o Rio tivesse um contato direto com a Europa”, afirma Ricardo Macieira, secretário municipal das culturas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend