Brasília celebra bicentenário da volta de José Bonifácio de Andrada ao Brasil

Da Redação

em Brasília, a Câmara dos Deputados inicia as comemorações pelos 200 anos do retorno de José Bonifácio de Andrada ao Brasil. Para lembrar a data, uma série de atividades será realizada, como lançamento de publicações, exposição, sessões solenes e concursos de desenho e de redação sobre o tema.

A programação faz parte das ações promovidas pela Casa para lembrar os 200 anos de independência do Brasil (1822-2022) e fatos importantes que antecederam a data. As celebrações começaram em 2017, com homenagens pelos 200 anos da chegada da imperatriz Maria Leopoldina, esposa de Dom Pedro I, ao Brasil, e, em 2018, pelos dois séculos da aclamação de Dom João VI como rei do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves.

A sessão solene pelos 200 anos da volta de Bonifácio de Andrada ao Brasil será realizada no dia 13 de junho, às 11h, no Plenário Ulysses Guimarães. A programação prevê a obliteração de selo e lançamento de carimbo dos Correios alusivos ao fato, e lançamento de publicação e de vídeo institucional.

Também será realizada sessão solene, no Plenário Ulysses Guimarães, no dia 19 de agosto, às 9h, em homenagem ao Dia do Historiador. Na ocasião, haverá visita inaugural à exposição sobre José Bonifácio, que ficará montada no corredor de acesso ao Plenário até o dia 6 de setembro e o lançamento da publicação “Minha Formação”, de Joaquim Nabuco.

Concursos
Promovidos pelo Plenarinho, o portal infanto-juvenil da Câmara, os concursos de desenho e de redação com o tema “José Bonifácio: um homem da política e da ciência” já estão com as inscrições abertas. Os trabalhos podem ser enviados até o dia 12 de julho. O certame de desenho é destinado aos estudantes do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental e o de redação, aos alunos do Ensino Médio. Podem participar estudantes matriculados em escolas públicas e privadas de todo o país.

O resultado preliminar dos dois concursos será anunciado no dia 29 de julho e o final, no dia 5 de agosto. A premiação ocorrerá no dia 19 de agosto, durante a sessão solene pelo Dia do Historiador. Mais informações podem ser obtidas no portal da Câmara.

Toda a programação da Câmara para a celebração dos 200 anos de independência do Brasil está no hotsite desenvolvido pela Casa, que traz também informações históricas sobre a independência do país no contexto político internacional.

José Bonifácio de Andrada e Silva
Há duzentos anos, na segunda metade do ano de 1819, José Bonifácio de Andrada e Silva desembarcou na cidade do Rio de Janeiro, então sede do Reino Unido de Portugal Brasil e Algarves, após uma ausência de quase quatro décadas.

José Bonifácio era então reconhecido como a maior autoridade científica do mundo lusófono. Membro das mais importantes academias científicas de então, descobriu quatro espécies de minérios novos, além de ter sido o primeiro a descrever oito variedades de minérios já conhecidos. Também foi catedrático em Coimbra, onde fundou os estudos de Geologia em Portugal.

Em sua movimentada vida, ainda participou da resistência armada contra as tropas de Napoleão Bonaparte, quando da invasão do Reino. Na ocasião, assumiu o comando do Batalhão Acadêmico, formado por estudantes e professores de Coimbra.

Nascido em 1763, na então pacata cidade de Santos, em São Paulo, José Bonifácio retornou ao Brasil, como um realizado senhor de 57 anos, já aposentado, em busca do sossego em sua terra natal, de onde havia partido ainda jovem, um estudante com menos de vinte anos de idade.

O destino, no entanto, o predestinara a postergar por alguns anos sua pretendida aposentadoria. Os eventos políticos que sacudiram o Brasil naquelas primeiras décadas do século XIX logo o chamariam a ser um dos grandes artífices da construção do Brasil como nação autônoma e país independente.

Após a partida de D. João VI para Portugal, José Bonifácio viria a ser o principal ministro e conselheiro de D. Pedro. Associado a D. Leopoldina, tornar-se-ia o responsável e executor de inflexível política que caminhou, passo a passo, rumo à completa independência do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend