UE inaugura Casa Europa e Hospital Nacional no Timor Leste

Da Agencia Lusa

O comissário europeu para o Desenvolvimento, Louis Michel, inaugurou em Díli, Timor Leste, a Casa Europa e o Hospital Nacional Guido Valadres, que havia sido reformado. Foi assinado também o reforço da ajuda da União Européia (UE) ao país asiático.

A Casa Europa foi instalada num antigo edifício militar português. Já o hospital Guido Valadares foi reinaugurado na terça-feira, 25 de novembro, por Michel, acompanhado pelo presidente timorense, José Ramos-Horta.

O reforço na ajuda da UE assinado pelo comissário foi de 18 milhões de euros (R$ 54 milhões no câmbio atual). A UE contribuiu com 7,2 milhões de euros (R$ 21,6 milhões) para a reforma do Hospital Nacional Guido Valadares, além de mais 6,9 milhões de euros (R$ 20,7 milhões) para a construção e reparo dos hospitais de Maliana e Maubisse, na região oeste do país.

O governo timorense contribuiu com 2,9 milhões de euros (R$ 8,7 milhões) para o projeto do Guido Valadares.

Durante a inauguração oficial da Casa Europa, Louis Michel assinou com as autoridades timorenses o acordo de financiamento para os primeiros 1,5 milhões de euros (R$ 4,5 milhões) ao abrigo do Programa Indicativo Nacional (PIN) para o período 2008 a 2013.

Auxílio europeu A Comissão Européia (braço executivo do bloco) concedeu ao Timor Leste, desde a independência, em 2002, um total de 65,3 milhões de euros (R$ 196 milhões) em ajuda humanitária, incluindo apoio aos refugiados, programas de nutrição e desenvolvimento comunitário.

Entre 2002 e 2007, o total de ajuda à reconstrução e assistência ao desenvolvimento totalizou 167,6 milhões de euros (R$ 502,8 milhões) para reabilitação de infra-estruturas, apoio às eleições e ao setor da saúde.

No período entre 2008 e 2012, a Comissão prevê um total de 90,7 milhões de euros (R$ 272,1 milhões) para Timor Leste.

A Casa Europa, no centro de Díli, funciona agora também como sede da Comissão Européia em Timor Leste, abrigando ainda os escritórios da Cooperação Francesa e da Cooperação Espanhola e um espaço para exposições.

A visita de Louis Michel a Timor Leste foi acompanhada pelos embaixadores dos membros da UE em Jacarta, Indonésia, já que a maioria dos países europeus não tem embaixadores em Díli.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Send this to a friend