ONGs juntam-se para apoiar quatro mil famílias moçambicanas até 2020

Da Redação
Com Lusa

A organização não-governamental (ONG) ‘Alívio e Desenvolvimento Episcopal’ juntou-se à Aliança Anglicana e à HOPE Africa para auxiliar quatro mil famílias até 2020, no seguimento da destruição causada pelos ciclones Idai e Kenneth em Moçambique.

As ONG anunciaram, em comunicado, que se juntaram às dioceses anglicanas de Lebombo e Niassa para dar apoio direto a quatro mil famílias afetadas pelas intempéries.

“Estamos em parceria com as dioceses de Lebombo e Niassa num programa conjunto para ajudar quatro mil famílias a recuperar do impacto dos ciclones, através da distribuição de ferramentas agrícolas e sementes”, lê-se no comunicado distribuído hoje em Maputo.

No documento acrescenta-se que a iniciativa aposta “também no treino agrícola para ajudar as famílias a plantarem a sua própria comida e tornarem-se resilientes a futuras tempestades”.

O ciclone Idai, que atingiu o centro de Moçambique em março, provocou 604 mortos e afetou cerca de 1,5 milhões de pessoas.

Pouco tempo depois, Moçambique voltou a ser atingido por um outro ciclone, o Kenneth, que se abateu sobre o norte do país em abril, matando 45 pessoas e afetando 250.000.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend