Encontro de negócios do Ceará destaca este ano a CPLP

Países de Língua Portuguesa terão um fórum próprio dentro do XII Encontro Internacional de Negócios do Nordeste, que será realizado nos dias 6 e 7 de março.

Da RedaçãoPortugal Digital

A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) será enfatizada na realização do XII Encontro Internacional de Negócios do Nordeste, que decorrerá em Fortaleza nos próximos dias 6 e 7 de março. Os negócios entre os oito países da CPLP deverão ser dinamizados, com um "fórum empresarial da CPLP" dentro do próprio encontro, que acontecerá no Centro de Negócios do Sebrae/CE, em Fortaleza.

Este evento, idealizado pelo Sebrae/CE, tem como foco central "a geração de negócios entre empresários internacionais, buscando o estabelecimento de contatos com novos mercados, com ênfase nos países componentes da CPLP", explica o Sebrae.

Outro avanço em 2008 será a realização da Bolsa de Negócios Turísticos, com foco orientado para os países da CPLP, Europa e países das Américas, em especial da América do Sul. "Considerando também um intenso fluxo que começa a se confirmar com os países da África e da Europa, o segmento de empreendimentos culturais fará também sua estréia no referido evento", diz ainda a organização.

Em sua edição passada, o encontro movimentou mais de US$ 31 milhões e reuniu, em Fortaleza, representantes de diversos países, como Alemanha, Argentina, Cabo Verde, Costa Rica, Chile, Espanha, Estados Unidos, França, Itália, México, Paraguai, Peru, Portugal, Senegal, Suíça e Uruguai. A Câmara Brasil Portugal do Ceará é uma das entidades parceiras na organização da edição deste ano.

Uma das metas do evento é gerar negócios de US$ 30 milhões. A organização espera a adesão de 310 participantes, entre eles 100 empresas estrangeiras como compradores, 200 empresas do Nordeste como vendedores e 10 empresas do resto do Brasil como compradores.

O XII Encontro Internacional de Negócios do Nordeste pretende ainda ampliar de 17 para 27 a participação dos países importadores, agregando, assim, dez novos mercados, bem como conseguir a inclusão de 20 novas micro e pequenas empresas no mercado internacional, através da primeira exportação. "Promover aproximação comercial e cultural do Brasil, em particular do Nordeste com os países componentes da CPLP" é um dos resultados esperados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend