Cabo Verde entra para a Organização Mundial do Comércio

Da Agencia Lusa

 

O ministro da Economia de Cabo Verde, José Brito, confirmou a entrada de Cabo Verde na Organização Mundial de Comércio (OMC). "Podemos dizer que a partir de hoje [29 de novembro] está confirmada a entrada de Cabo Verde na OMC, acabamos há pouco as negociações", assegurou José Brito à Lusa, em Pequim, na primeira visita oficial de um ministro da Economia de Cabo Verde à China.As formalidades burocráticas desta adesão à OMC continuam a decorrer e o anúncio oficial deverá acontecer neste mês de dezembro. "Cabo Verde é um país que tem vocação para ser global, não vamos olhar para Cabo Verde como um micro-mercado, mas sim na sua dimensão mais global", observou José Brito. "Cabo Verde tem força somente em parceria com outras entidades que podem conquistar o mercado, mas esta entrada abriu-nos uma porta" para o mercado global, acrescentou.Segundo o ministro, é a perspectiva global que confere ao país africano os "requisitos" para entrar na OMC e "para conquistar novos mercados, que é o seu interesse maior".A entrada para a OMC coincide com uma visita oficial à China com o objetivo de "criar as bases para uma cooperação econômica com a China, que tem acontecido sobretudo através da uma ajuda ao desenvolvimento". A pesca, a construção e o turismo são áreas de potenciais parcerias Cabo Verde-China. Cabo Verde pediu a adesão à OMC em 1999 e desde então que o caso cabo-verdiano estava a ser analisado. Os representantes dos países-membros da OMC reuniram-se em Genebra para analisar os acordos comerciais nas áreas de mercadorias e bens já assinados por Cabo Verde com a União Européia, Estados Unidos, Brasil e, mais recentemente, com o Japão e o Canadá.Os mesmos representantes voltam a reunir-se no dia 6 de dezembro para a conclusão formal do processo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend