Brasil é 5º com maior número de alunos em escolas particulares

Da Rádio ONU

 

Um relatório da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, sugere que os investimentos de alguns países industrializados, como França e Grã Bretanha em educação são superiores aos gastos de toda a África Subsaariana.

 

Segundo o relatório, o Brasil é o quinto país com maior índice de matrículas em escolas particulares, depois da Holanda, Botsuana, Coréia do Sul e Chile.

 

As matrículas brasileiras se dão principalmente nos níveis primário e secundário, em parte devido a um alto grau de reprovação escolar na rede pública. O “Relatório Global sobre Educação 2007” mostra que o orçamento dos países da África Subsaariana representam somente 2,4% dos recursos em nível mundial.Entre os países africanos de língua portuguesa, Moçambique e Cabo Verde são os que mais apostam na formação.Antes da divulgação do relatório, o reitor da recém criada Universidade de Cabo Verde, António Correia e Silva, disse à Rádio ONU, da cidade da Praia, que o país já universalizou o ensino básico."Cabo Verde tem na área de educação um dos seus sucessos. O ensino secundário hoje é uma realidade em todos os conselhos do país. Há liceus em construção. Há uma aposta na formação de pessoal docente, na qualificação dos liceus e na reconfiguração curricular. Os dados estão lançados e o desempenho é positivo, inequivocadamente", contou.O relatório da Unesco ressalta que os Estados Unidos detêm 28% do total mundial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend