Angola aumenta produção de petróleo

De Portugal Digital

 

Angola vai aumentar os seus índices de produção em dois milhões de barris/dia, a partir do próximo mês de agosto, visando a estabilidade do mercado.

O anúncio foi feito na última semana, na capital espanhola, pelo administrador da empresa pública Sonangol, Syanga Abílio, durante o 19º Congresso Mundial de Petróleos.

Segundo Syanga Abílio, as reservas petrolíferas (hidrocarbonetos) não constituem um problema. “Hoje, o grande problema é garantir a energia necessária para fazer face ao aumento da procura”, disse.

Oportunidades de investimentoAs oportunidades e facilidades de investimento em Angola foram apresentadas em Lisboa, aos participantes do terceiro Congresso das Indústrias de Madeira Mobiliário e Afins, pelo diretor nacional de Agroindústria, Pedro Katendi.

O encontro reuniu 250 delegados provenientes de Angola, Portugal, Itália, Suíça, Espanha, Alemanha e Estados Unidos da América que discutiram, por dois dias, as estratégias do setor de madeira para os próximos dois anos.

Segundo o representante do Ministério da Indústria, os incentivos fiscais e aduaneiros adotados pelo país permitem aos investidores repartirem livremente os dividendos, sem interferência do governo angolano – o que proporciona um ambiente de negócio mais atrativo.

Angolanos nos jogos da CPLPParte da delegação angolana, com 126 elementos, que, de 26 de julho a 01 de agosto, participa da sexta edição dos jogos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), no Rio de Janeiro, já está no Brasil.

Os atletas de voleibol de praia, tênis de campo, atletismo paralímpico, em ambos os sexos, andebol e futebol masculino e basquetebol feminino farão um estágio em Belo Horizonte e no dia 24 viajam para o Rio de Janeiro.

A cerimônia de abertura e encerramento será realizada no estádio do Maracanã. Os Jogos Desportivos dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) foram instituídos em 1990, por sete membros da comunidade (Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Brasil). Angola sediou a edição anterior, um evento que bateu o recorde de participação nestes jogos com um total de 700 atletas de seis modalidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend