Visita à garagem dos bondes marca 18 anos da linha turística de Santos com cultura portuguesa

Da Redação

No último mês, a Secretaria de Turismo de Santos, no litoral paulista, promoveu um evento diferenciado, no qual convidou os munícipes para conhecerem a linha de montagem de um bonde, com rodas, truck, feixe de mola, motores, pantógrafos e outras peças originais, do início do século passado.

O evento ainda apresentou elétricos que se encontram em processo de restauro para a linha turística.

Para completar o passeio, o visitante pôde participar de apresentações musicais e saborear um cardápio diferente no Estação Bistrô Restaurante-escola e em barraquinhas que ofereceram pratos típicos do Brasil, Estados Unidos, Itália, Japão e Portugal.

A programação do aniversário dos 18 anos da Linha Turística do Bonde, no último 23 de setembro, aconteceu no Valongo, e com atrações para todas as idades – de bate-papo com dois escritores, no Bonde Arte, a maquiagem infantil e escultura em balões de gás para os pequenos, em espaço infantil reservado no térreo da estação (Largo Marquês de Monte Alegre, 2).

Para animar ainda mais as comemorações, os bondes tinham ingresso a R$ 3,50 (desconto de 50%) para o passeio pelo Centro Histórico, inclusive o Bonde Arte. Os elétricos saíram a cada meia hora da Estação do Valongo.

A visita monitorada à garagem dos bonde aberta ao público, pela primeira vez, o Armazém 12-A, que, transferido da margem direita do cais para a área do antigo Armazém 6, então desativado, representa o primeiro caso de preservação desse tipo de estrutura, tombada pelo Condepasa (Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Santos).

O roteiro (gratuito) contou com monitoria de guia de turismo com duração aproximada de 40 minutos. Os visitantes do armazém apreciaram também a exposição fotográfica enfocando o modal, produzida pela Fundação Arquivo e Memória de Santos (Fams).

Nas atrações, a parte musical foi aberta às 12h pelo Clube do Choro, seguindo-se apresentação da Associação Japonesa; Rancho Folclórico Verde Gaio (do Centro Cultural Português de Santos), em homenagem a Portugal; Quarteto de Jazz e Oscar Guzella & Orquestra, com músicas típicas italianas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend