Portugal 360 com aumento de público em 40% no Rio de Janeiro

Por Igor Lopes

A segunda edição da mostra Portugal 360, que acontece anualmente no Rio de Janeiro, recebeu, este ano, 25 mil visitantes, segundo a organização do evento. Esse resultado representa um aumento de cerca de 40% no número de participantes em comparação com a edição 2018, que recebeu 18 mil pessoas. Em 2019, o Portugal 360 realizou-se entre os dias 6 e 9 de junho na Cidade das Artes, no bairro da Barra da Tijuca, Zona Oeste carioca. O objetivo foi “apresentar um país autêntico, genuíno e diversificado, que não para de surpreender quem o escolhe para passear, viver ou investir, além de promover um contato mais próximo entre Brasil e Portugal”.

Segundo Ana Mendes Godinho, secretária de Estado do Turismo de Portugal, o seu país apresenta hoje novas oportunidades ao mundo.

“Portugal é um país autêntico, inovador e sofisticado e é este efeito surpresa que as pessoas estão a ter em relação a Portugal, que é também um destino associado à inovação, ao empreendedorismo e aos negócios”, comentou essa responsável, que comemorou o facto de que “o estereótipo antigo de um Portugal velho está a ser substituído por uma modernidade e o Portugal 360 é uma montra exemplar”.

“Portugal é um país com muita diversidade e é porta de entrada para a Europa para investimentos, para novos residentes, para o estabelecimento de parcerias culturais, e também é referência no campo da inovação e da tecnologia, além de possibilitar que grandes empresas invistam em Portugal para desenvolverem os seus polos tecnológicos em função da qualidade das nossas universidades e dos nossos técnicos muito qualificados. Temos muitos grupos a investirem em Portugal neste momento. Portugal está a investir numa imagem ligada à sofisticação, tecnologia e sustentabilidade ambiental. Temos grandes ambições nestas matérias”, defendeu Ana Godinho.

Por seu turno, Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal, ressaltou que o Portugal 360 funciona ainda como uma forma de mostrar o que aconteceu de novo, em um ano, em Portugal, depois da primeira edição do evento.

“Queremos demonstrar um país diverso e completo”, referiu Araújo.

Portugal moderno

Para Jaime Leitão, cônsul-geral de Portugal no Rio de Janeiro, a mostra deve ser encarada como “uma atração para os brasileiros e para os portugueses, sobretudo para os mais novos, que querem fazer turismo, morar ou estudar em Portugal”.

“Queremos mostrar, mais uma vez, que Portugal é o país dos seus avós, mas, também, é um país do futuro, um Portugal moderno. Pretendemos que Portugal seja conhecido pelos brasileiros como um país acolhedor e moderno”, defendeu Leitão.

Já o cônsul-adjunto de Portugal no Rio, João Marco de Deus, acredita que o Portugal 360 serviu como forma de comprovar que o país é “extraordinário e diferente daquilo que os brasileiros conhecem”.

“Existe um Portugal tradicional, felizmente, que tem quase nove séculos, e é um Portugal que os cariocas conhecem bem, porque não há nenhuma cidade no mundo que tenha mais casas portuguesa do que o Rio de Janeiro. Mas existe também o Portugal do século XXI e esses dois cenários convivem pacificamente e com sucesso. Não podemos ignorar o que é a tradição em Portugal, mas devemos aliar isso ao que é hoje o Portugal moderno. E conseguimos”, sublinhou João de Deus.

Várias possibilidades

O público participante teve acesso a uma ampla programação gratuita, que contou com palestras, workshops, cursos e outras atividades em diversos âmbitos, como turismo, cultura, gastronomia, enologia, empreendedorismo, setor imobiliário, negócios, desporto, educação, oportunidades de investimento, informações sobre como viver em Portugal e sobre como obter a cidadania portuguesa, além de informações consulares e lazer. Foram ainda apresentados novos destinos de viagens em Portugal e programas de ensino das universidades portuguesas.

Na área do entretenimento, o evento trouxe o Festival de Fado com a apresentação dos fadistas Carminho e o Antonio Zambujo. Houve espaço também para a apresentação, pela primeira vez no Brasil, de Júlio Resende, um dos mais internacionais pianistas portugueses, além do festival Iminente.

Portugal 360 é uma iniciativa organizada pelo Turismo de Portugal em parceria com o Consulado-Geral de Portugal no Rio de janeiro e conta com o apoio da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) e do Instituto Camões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend