Parlamento aprova lista de condecorações para o Dia dos Açores

Da Redação
Com Lusa

A Assembleia Legislativa dos Açores aprovou, por maioria, a lista de 29 entidades e personalidades que serão agraciadas, na próxima segunda-feira, Dia dos Açores, pelo Governo e pelo parlamento açoriano.

O Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo, que está dependente do Comando da Zona Marítima dos Açores, irá receber a Insígnia Autonômica de “Valor”, a mais elevada das condecorações atribuídas na região, destinadas a premiar instituições ou personalidades que se tenham destacado na história, na cultura, na arte, no pensamento e na política açorianas.

Com a Insígnia Autonômica de “Reconhecimento”, serão distinguidos o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA), o investigador Frederico Machado (já falecido), o velejador Genuíno Madruga, o professor e escritor Manuel Tomaz, o fotógrafo marinho Nuno Sá, e o músico Francisco Lacerda (a título póstumo).

As insígnias honoríficas açorianas premiam também o “Mérito Profissional”, que neste ano será atribuído a Carlos Enes, ex-deputado à Assembleia da República, enquanto o “Mérito Industrial, Comercial e Agrícola” será atribuído a Renato Goulart, guia da montanha da ilha do Pico, ao antigo empresário Vasco Elias Bensaúde (a título póstumo) e à Confraria do Queijo de São Jorge, entre outros.

Entre as figuras e instituições que irão receber a Insígnia autonômica de “Mérito Cívico”, destaque para a Associação Cultural AngraJazz, o Clube Desportivo Escolar Flores, a filarmônica “Clube União Instrução e Recreio”, a Casa de Saúde de São Rafael e a Casa de Saúde de São Miguel e ainda a Santa Casa da Misericórdia das Velas.

A lista de homenageados foi aprovada por cinco dos seis partidos com representação parlamentar. O deputado do PPM, Paulo Estêvão, foi o único a votar contra, em “protesto” pelo facto de a bancada da maioria socialista lhe ter chumbado, pelo segundo ano consecutivo, o nome proposto para ser condecorado no Dia dos Açores.

Comemorações

As comemorações do Dia dos Açores ou Dia da Região, que este ano irão decorrer na vila da Calheta, ilha de São Jorge, coincidem com a segunda-feira do Espírito Santo, feriado regional nos Açores, e com o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades.

“Atendendo a que este ano o Dia da Região Autônoma dos Açores coincide com a data de 10 de junho, as comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas na região terão lugar no dia 09 de junho, domingo de Pentecostes”, avançou o gabinete do Representante da República para os Açores, Pedro Catarino, em nota de imprensa.

Este ano, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, atribui condecorações a três personalidades açorianas no âmbito do Dia de Portugal.

O economista micaelense Roberto Amaral, que recebe o grau de comendador da Ordem do Mérito, foi deputado regional e deputado à Assembleia da República, secretário regional com a pasta das Finanças, administrador da companhia aérea açoriana SATA Air Açores, administrador da Caixa Econômica Açoriana, diretor do Banco Totta e Açores na região e presidente do conselho de administração da empresa Eletricidade dos Açores (EDA).

O grau de comendador da Ordem do Mérito Comercial é atribuído a Patrícia Bensaúde Fernandes, que preside ao conselho de administração do Grupo Bensaúde, um dos maiores grupos econômicos nos Açores, com negócios no comércio, nos transportes marítimos e aéreos, na indústria e nos serviços, bem como no turismo, sendo proprietário do Terra Nostra, em São Miguel, entre outros hotéis.

É condecorado ainda com o grau de oficial da Ordem do Mérito Industrial João Alberto das Neves, jorgense, mestre de reparação naval, responsável pela construção e reconstrução de dezenas de embarcações de caça à baleia, de pesca e de tráfego local nos estaleiros de Santo Amaro, na ilha do Pico.

As comemorações do Dia de Portugal nos Açores, que contam com a colaboração da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, na ilha Terceira, iniciam-se na Praça Velha, principal praça da cidade, com a formatura da guarda de honra (Marinha, Exército e Força Aérea), pelas 10:20 (hora local, mais uma em Lisboa), seguindo-se o hastear das bandeiras às 10:30.

Já no Solar da Madre de Deus, onde está instalado o gabinete do Representante da República, terá lugar uma cerimônia comemorativa, pelas 11:00, com a intervenção do Representante da República para a Região Autônoma dos Açores e a imposição de condecorações, terminando com um porto de honra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend