No Rio, Clube Ginástico Português celebra 150 anos com programação cultural

Por Igor Lopes

A Real Sociedade Clube Ginástico Português, com sede no Rio de Janeiro, vai celebrar 150 anos de fundação no dia 31 de outubro. Para marcar esse momento, o Clube vai promover uma extensa programação cultural.
No dia 25 de outubro, as instalações do Ginástico Português, na Av. Graça Aranha, 187, no Centro do Rio, recebem a apresentação da tradicional Banda Portugal, às 18h. Dia 29, às 19h30, acontece a exibição do Rancho Folclórico português Maria da Fonte da Casa do Minho do Rio de Janeiro. O Clube recebe também, no dia 30, um concerto comemorativo com a Banda Sinfônica da Polícia Miliar do Estado do Rio de Janeiro.
Na data em que celebra 150 anos, dia 31, tem lugar uma missa de ação de graças, às 11h, na igreja São José, na Praça XV, no Centro carioca. Mais tarde, às 12h30, acontece o almoço comemorativo de aniversário no Windsor Guanabara Hotel, na Av. Pres. Vargas, 392, esquina com a Av. Rio Branco, também no Centro da cidade. À noite, às 19h, a celebração continua com a apresentação do coral do Clube, nas suas instalações.
Para a diretoria do Ginástico Português, esse é o momento de recordar tudo o que foi feito, mas é preciso também encarar o futuro.
“Ao longo de tanto tempo, muitas histórias podem ser contadas, muitas vitórias foram conquistadas, muitos visitantes e sócios ilustres nos honraram, muita coisa mudou, mas a essência daquilo que dois irmãos portugueses idealizavam, há 150 anos, permanece intacta. (…) Cento e cinquenta anos de existência não podem ser contados em poucas linhas, por isso, vou apenas aproveitar esta oportunidade para agradecer a todos os dirigentes que me precederam e a todos os sócios e funcionários que ajudaram o nosso Clube a manter vivo o lema que vem norteando a nossa trajetória há um século e meio: mens sana in corpore sano”, afirmou Jacomo Palladino, presidente da entidade.
O evento está sendo organizado pela Comissão Sesquicentenário, presidida por Sócrates Feijó. A celebração conta ainda com a participação de Maria Amélia Palladino, vice-presidente da Comissão e vice-presidente do Departamento de Atividades Artísticas e Culturais do Clube. Paulo Morgado atua como membro da Comissão.
História de sucesso
A Real Sociedade Clube Ginástico Português foi fundada em 31 de outubro de 1868, data natalícia de D. Luiz I, Rei de Portugal, por dois irmãos portugueses: João José Ferreira da Costa e António José Ferreira da Costa.
A inauguração da sua sede na Avenida Graça Aranha, no centro do Rio de Janeiro, ocorreu em agosto de 1938. O seu edifício teve a primeira piscina suspensa da América do Sul, localizada na cobertura, com 25 metros de comprimento e 12 de largura.
O edifício Sede Graça Aranha tem oito andares, assim distribuídos: Salão Nobre para festas, Restaurante para 300 pessoas, Bar, Ginásio Esportivo, Academia de Musculação, Salas de Jogos, Salão de cabeleireiros e o Teatro Ginástico, inaugurado em novembro de 1938, por onde passaram incontáveis e consagrados talentos da arte cênica brasileira.
O Clube possui também uma Sede na Barrada Tijuca, Zona Oeste carioca, que conta com polo-esportivo e variada atividade social. Segundo os responsáveis pelo Ginástico Português, o principal objetivo da entidade é “dinamizar as atividades esportivas, culturais, artísticas e sociais, promovendo a integração da comunidade luso-brasileira”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend